sexta-feira, 16 de abril de 2010

O APANHADOR DE ESTRELAS


Este vento que me toca bravio
Esta chuva miúda ensopa e acalma
Esta cor cinza no celeste
Esmorece a minha pobre alma

Pobre poeta!
A palavra ficou vazia de cor
A rima foi levada numa rajada
Ficou em teu peito, apenas uma fria dor

Dorido coração!
Percorrendo uma rua vazia
Nesta cidade inventada por mim
A noite aprisionou o dia

Eram azuis os dias que inventei
A casa dos meus sonhos feita de chocolate
A criançada nunca esgotava a gargalhada
Um cão de meigo olhar não fala, mas late

Uma gaiola dourada
Uma papagaio papagueando sem parar
O amor tatuado em cada canto
Para teres a certeza, no teu chegar

Mas a calmaria acontece
Estende o tapete à magia que virá
Olhos brilhantes, ávidos da ternura
Uma cartola, um coelho azul a procura achará

Estrelas!
Quantas contará o meu olhar
Tenho uma feita de cartolina branca
Que me esqueci de te enviar

Escrevi numa das pontas paixão
Na outra a palavra quero-te tanto
A terceira “É mesmo verdade”
As outras duas deixei-as em branco...

...Para que derramasses nelas o teu querer
Na volta, recebi algo como um novelo
A estrela tinha presa a ela
Uma madeixa dourada do teu cabelo

Tudo isso inventei numa mirada
No espelho de água de uma poça de mar límpida como as janelas
Era na altura uma criança que tinha um sonho
Ser...Um Apanhador de Estrelas...

80 comentários:

ॐ Camila Anastasi disse...

é imprecionante a beleza das estrelas. Todos deveriam tatuar o amor em todos os cantos.
Poeta, não deixe mais tuas cores fugirem, pois quem aqui frequenta, não entenderás sua perca!

Caillean disse...

ola meu amigo Profeta

fico sempre extasiada com o que escreves as vezes ate emocionada.
Me levou a um tempo em que eu deitava na borda da piscina e imaginava o ceu estrelado vindo a mim numa onda de amor. lindo!
beijos de encanto
)0(

Juliana. disse...

Gosto tanto de contar estrelas, apanhá-las seria um sonho bom!
LIndas palavras Profeta!
Um abraço, bom fim de semana!

Isa disse...

E o que és,"meu" Poeta senão,ainda hoje
«...Um Apanhador de Estrelas...»
que enfeitas nossos sonhos, nossos voos?!
Linda imagem...
Beijo.
isa.

Sonhadora disse...

Meu querido Poeta
Lindo o seu poema...muito inspirado.

Dorido coração!
Percorrendo uma rua vazia
Nesta cidade inventado por mim
A noite aprisionou o dia

Muito belo

Beijinhos
Sonhadora

Pérola disse...

Cofesso a vc q sinto falta de quando apanhava estrelas,apanhava quantas eu quizesse.
Atualmente ñ as vejo mais no céu mas nos meus sonhos sim,elas brilham intensamente no meu coração.
Obrigado pela visita.
Um beijo grannnnnde.

HSLO disse...

Nossa, quanto sentimento expresso.


gostei da escolha da foto.


abraços de luz e paz.


Hugo

Lórah Claus disse...

Não teria dia sem sol, assim como não teria lindas noites c não existissem as estrelas...
e depois desse lindo poema acredito q tbm não existiria amor sem poetas

Grande beijo

SAM disse...

Rimas perfeitas brilham, poeta . Mais alva que as estrelas é a pureza de uma criança.


Carinhoso beijo e lindo fim de semana.

romantic disse...

e parece tudo um lindo sonho...
faz tempo que não venho aqui ,bom vir abraços!!

Lou Alma disse...

Apanhar estrelas é o sonho de qualquer criança, realizar esse sonho é a vontade de qualquer adulto, bonitos os seus poemas, misto de fantasia, sonho e realidade.

Lou Alma disse...

Apanhar estrelas é o sonho de qualquer criança, realizar esse sonho é a vontade de qualquer adulto, bonitos os seus poemas, misto de fantasia, sonho e realidade.

Maria disse...

Belo é o teu poema!
O rosto do menino da foto, só por si, merece apanhar todas as estrelas que quiser. Ele!
Mas... não deixes tu fugires as estrelas cores e dores que apanhaste. Fazem parte da vida.

Beijo, Profeta.

angela disse...

E não deixe de sonhar Profeta e nos dê mais lindos versos.

Cria disse...

Encantador, amado Poeta ! Beijos.

VANUZA PANTALEÃO disse...

Profeta querido,
Viajei...
Toquei no céu e nas estrelas que me trouxeste nesses versos irretocáveis.
Um belíssimo final de semana, amigo!!!Bjsss

Nanda Assis disse...

so o nome do poema ja é lindissimo, o poema então de fazer arrepiar.

bjosss...

Valéria Gomes disse...

Olá, meu caro amigo!!!

É de impressionar a magia do teu dizer. Sabes muito bem, como deixar o meu coração terno e bobo de amor pelo mar e pelas estrelas. Cá estou, tonta de emoção, perante a suavidade de teus sentimentos.
Contarei estrelas e passearei pelo mundo que inventastes.

Grandes beijos!!!

Daniel Almeida disse...

Bonito talvez inspirado pela lua e estrelas que põem o encanto nas suas palavras, gostei mtuito tal como gosto dela, da Lua minha mãe. Bfsemana

Rainbow disse...

É mesmo lindo, até arrepia! :|
Emociona muito :')
AMEI! :)

Bom fim-de-semana!

Isabel disse...

Que poema tão lindo *.*
Adorei mesmo :)

Maria Dias disse...

Vc teve a sorte de ter a alma de poeta...Tenho certeza q floriu e coloriu cada lugar feio e cinza por onde passou.Sorte a sua.

Beijinho

almighty yellowphant disse...

Muito obrigada pelo comentário :)
Escreve muito bem. Continue sempre.
Beijinhos

ursinha disse...

Lindo e intrigante como tudo que escreve, cada vez que venho aqui eu tenho a certeza de continuar tentando.
Bjs
ursinha

Pedrasnuas disse...

BELO TEMPO ESSE...EM QUE A CRIANÇADA SABIA BRINCAR...

BEIJO DOCE

Sil.. disse...

Tu és um apanhador de estrelas.

Beijo e abraço mágicos!!!!!!!!

Joana S. *-* disse...

Obrigada pelo comentario, gostei :')

walter disse...

Olá amigo,

Fizeste-me viajar no tempo...
também eu fui um "apanhador de estrelas", e acho que ainda sou...

Bravo meu amigo!

Bom fim de semana

Abraço
Walter

Hanah disse...

Mago Lindo,

obrigado por me buscar, para sentir a tua luz....

beijitos

Lady disse...

Boa tarde!
Linda imagem, lindo post, tudo aqui é lindo.
Teu ser é lindo, és especial.
Venho deixar mue carinho e desejar um fim de semana iluminado.
Beijo no coração

ღPat.ღ disse...

As estrelaS precisam ficar lá onde o apanhador possa apenas admirá-las.

Bela poesia.
Obrigada por compartilhar,
Beijos.

Berenice disse...

Sempre lindo e tocante.

Meu blog tá com uns probleminhas, aparece como aberto apenas pra convidaddos, mas ele tá mesmo sem funcionar, sem visitas, sem postagens. Logo que resolver estarei de volta.

Um abraço
Berenice

Drika disse...

..e quem não sonha apanhar estrela, né? =) Muito lindo, Armando... parabéns!

Abraços no coração!

EU SOU NEGUINHA disse...

Adoro apanhar estrelas...elas ensinam muito..
Beijos menino...
Nega

Lize disse...

Também quero apanhar uma :)

Alma Inquieta disse...

Olá Profeta!

Parabéns pelos versos lindos!

Um beijo e muitas estrelas neste final de semana.

Gus disse...

Profeta, lindo poeta,
As cores voltam sempre que usas de imaginação.... eu confirmo-o na tua escrita. Ahhh, não ouses "caçar" estrelas... são belas demais para serem aprisionadas, e o seu brilho se apagaria no teu coração.

Gosto de te ler, obrigada pelos bons momentos de leitura. Bjokiñasss doces ;)

Reeh disse...

Blog tah show!!
gostei do poema!!!
ah to te seguindo!!!
se der passa la no meu!!

CAOS MUNDIAL - CLICA AQUI, SEGUE E COMENTA??

gisela disse...

lindo e tocante... dos poemas seus q mais gostei ate agr

Úrsula Avner disse...

Olá meu caro, mais um lindo poema com belas imagens poéticas. Meu abraço amigo. Bom domingo !

Rhanna disse...

Seu blog é inspirador *.*
Amei os textos :)
Obrigada por visitar meu blog. ^^

atma atom disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Agulheta disse...

Profeta. Lindo o poema onde o sonho,tráz beleza e magia das palavras cheias de ternura.
Beijinho Lisa

atma atom disse...

Peço desculpa...

Allyni disse...

Entre gritos de sussurros pretendo mostrar a agonia e a felicidade do que é o viver o sobreviver nas dificuldades e nas esperanças do nossos dias.
Explodir em sentimentos é simples é como gritar de um prédio ou de uma montanha.
Desenhar no caderno pixar o muro por em um outdoor escrever no vapor do espelho.
Gritei tanto com toda minha alma
Vou sussurrar

bjs
Allyni

♥*♥(franciete)♥*♥ disse...

Eram azuis, os sonhos que cobriam a minha alma
Eram serenas as manhãs de primavera
e a tua voz era doce e calma.

Beijinho de luz e paz meu poeta

Ailime disse...

Amigo Profeta (Grande Poeta)!

Belo e emocionante este seu poema: "Eram azuis os dias que inventei"!
E vão continuar a ser para nos ir maravilhando com estas belas histórias sonhadas e contadas em sublimes rimas soltas!
Um beijinho.
Ailime

Riff disse...

Ai, ai, ai... que poesia linda... me emocionou de verdade.. Obrigada pela visita... Sua sensibilidade me impressiona. Bjitos mil

Fê-blue bird disse...

E uma honra para mim ter alguém que escreve assim a comentar um simples poema meu.
Obrigada pelo carinho

rosa dourada/ondina azul disse...

Que consigas apanhar as estrelas mais belas e brilhantes!


Beijo,

zx5.djkf disse...

A fotografia é enternecedora.
As palavras... fiquei sem elas!

Beijo, poeta.

Drêycka disse...

Criei um novo blog! Uhull !!

Pra quem é curioso e gosta de questionar as bizarrices da humanidade. -- Círculos em plantações, asteróides suspeitos que desaparecem sem deixar sinais, o Sol com brilhos estranhos, um planeta nunca encontrado, uma profecia apocalíptica... Essas e outras curiosidades estarão em debate aqui: em O ESTRANHO CURIOSO.


VALE A PENA CONFERIR E INDICAR!!!


http://www.oestranhocurioso.blogspot.com/

Maria disse...

Não sou um apanhador de estrelas mas consegui guardar no "porta jóias" do coração a mais linda e deslumbrante estrela que já pude comtemplar ( a estrela dos olhos de quem para sempre jurei amar)...
Estrelinhas lhe deixo amigo profeta.

Naty Araújo disse...

Lindo, maravilhoso... encantador!
Quero apanhar essas estrelas tbm.

SILVIA disse...

¡Adoro las estrellas! creo que ellas son las guardianas de toda la magia del universo.
bello!!! Un besito!!!

maisqueliteratura disse...

liiinda a poesia :)

voltei com o blog agora, deixei parado por muito tempo
dá uma passada lá depois, beijos! :***

Sonia Pallone disse...

Um dos mais lindos poemas que já li. Perdi meu olhar na paisagem da tua emoção...

Ale Danyluk disse...

Só a imagem, de cara já me estremeceu. Aí fui lendo, palavra por palavra, a emoção surgindo e quando vi...você com toda a magia preencheu todo o espaço .
Lindo
Beijo
Ale

Sofia A. disse...

Lindo o poema, muito mesmo.
Sei que para conseguir rimar e colocar tanto sentido, tem que ser realmente bom...
Mas não sei, algo em mim prefere os poemas sem rima, talvez pela predileção involuntária para tudo que foge á norma.

Efigênia Coutinho disse...

Profeta, coisa linda APANHADOR DE ESTRELAS,só faz sentido na alma linda que escreve.
Desejo explicar minha ausencia, foi o batizado da netinha, e minha vinda aqio para New York, onde fico até fins de maio, mas aqui virei para comtemplar sua boa poesia, com afeto,
Efigênia Coutinho

Iara disse...

Todo poeta vê em cores fantasiadas uma realidade mais doce.E a cada reflexo na água, e a cada reflexo da luz; e tudo o que reflete pra nós é capaz de refletir mais que abstratas imagens. Vemos os sonhos a cada lua, e vivemos um sonho nas palavras; portanto somos já, crianças adultas apanhadoras de estrelas.

•.¸¸.•*♥*•.¸¸.• Sanzinha •.¸¸.•*♥*•.¸¸.• disse...

Estrelas nos são seus poemas, que sempre nos tocam a alma.
E nós, felizes apanhadores.

Beijos!

Espaço Aberto disse...

É com imenso prazer que chegamos até a sua casa e convidamos você a fazer parte do Espaço Aberto – Um blog para todos! Lá você em breve encontrará proposta para postagens coletivas (Tem uma ótima que já está pronta para ir ao ar!), sorteio de brindes, entrevistas, publicações dos mais diversos assuntos, enfim você não pode ficar de fora. Venha participar!

MEU DOCE AMOR disse...

Ahhhhhh...."...apanhador de estrelas..."

Olha para as tuas mãos e verás os milhares de estrelas que já apanhaste...e se não as vires é pq estão guardadas no teu lindo coração.Entâo tira-as e põe-nas a bailar...pois são tão necessárias...

Beijinho doce esperando a tua visita no Magia e no Sonhar

Quanto á savana ...o Leão descansa....

Noslen ed azuos disse...

Esta é a que mais gostei, será que é porque faz tempo que não faço vir aqui ou sempre a última é...

abraços

ns

Gorete . SoLua disse...

Lindo poema!
Sempre que puderes apanhes tantas quantas estrelas quiseres...
Elas são a magia do amor

Doce beijo :)

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Lindos sonhos deste apanhador de estrelas!!!

Belíssimo poema!

Um beijo!

Sonia Regina.

Luz da Lua disse...

Olá Profeta,
Após um mes de pura emoção com a visita de minha filha com seu marido e meu netinho amado, que residem aí em Portugal, volto a visitar teu inigualável Blog.Confesso que sou admiradora incontestável deste espaço e de teus poemas.Eu nunca quis pegar uma estrela, mas as contei muitas vezes, em seus numeros infinitos,nos bancos a beira mar. Pra voce, meu carinho e admiração.Belo poema !Bom final de semana.

Cláudia Rodrigues (sim, sou eu mesma) disse...

Quem és, oh Poeta?

Miosotis disse...

... e que belo sonho...

Marlene Oliveira disse...

Oi!
Vim lembrar-lhe que Bárbara http://livrosobrasefilmes.blogspot.com/ faz aniversário hoje! Blog LiVrOs QuE eU jÁ Li :P
Tenha um ótimo dia!

Inês de Castro disse...

Que saudades tinha eu de ouvir tais profecias...
Vou voltar a estar com atenção.
Bj grd
IC

Amapola disse...

Passei para lhe dizer: Bom dia!!

anita sereno disse...

nossa tudo mais perfeito!!!!!
era impossível a imagem dom menino linda demais ao poema delicioso deixei-me embarcar nas asas dessas estrelas misturei
nas cores pintei um arco ires
e desse arco ires embalei-me nos sonhos do amor
lindo amei cada frase sua beijos boa semana

MARA disse...

AMIGO PROFETA,
Tenho andado fugida e hoje vim para dar de caras com um poema que não pode ser mais belo.Tem o poder de tocar os corações.

Uma mão cheia de parabéns.

Sunshine disse...

Deixei-me ficar nesta cidade inventada: de dias azuis e casas de chocolate tatuado com amor (o sinal para não errar na casa), onde existe uma estrelaa de cartolina cujo inventor se esqueceu de enviar, mas que lhe retornou com uma madeixa dourada do seu amor...é tão belo!!!
beijo

Serenidade disse...

Há algum tempo não te lia ... mas os teus poemas continuam a deixar-me nostálgica.

Serenos sorrisos

Guida Rosa disse...

Toda a poesia é luminosa, até a mais obscura. O leitor é que tem às vezes, em lugar de sol, nevoeiro dentro de si. E o nevoeiro nunca deixa ver claro. Se regressar outra vez e outra vez e outra vez a essas sílabas acesas ficará cego de tanta claridade.
Deus dá a todos uma estrela. Uns fazem da estrela um sol. Outros nem conseguem vê-la"
parabens pela poesia é divinamente linda!

Ianê Mello disse...

Vim agradecer-lhe a visita e o belo poema que deixaste em meu blog.
Aqui chegando, encantei-me com seus versos.

" O apanhador de estrelas". Só o título já é pura poesia.

Voltarei com mais vagar, seguindo seus passos.

Grande beijo.

Jéssyca Carvalho disse...

Um sábio apanhador de estrelas, que atribui a cada uma de suas 'pontas', palavras tão doces e verdadeiras e ainda tem a sabedoria de respeitar-lhes a individualidade e preservar duas. Intactas, elas serão o mistério de cada estrela. Esse lindo mistério que até o apanhador preservou de saber...

Achei lindo demais, demais...
Fiquei sem palavras com teu poema!
Simplesmente perfeito!
Amei teu blog, voltarei aqui sempre!

Abraço!