sábado, 18 de setembro de 2010

OS TRINCOS DA MEMÓRIA


Uma aragem de fresca brisa
Agitou os loureiros adormecidos
Veio do mar do norte
Tal como a minha vontade em passos perdidos

Adormecidas estão as hortênsias
As manhãs vêm vestidas de frio
Vi uma garça no azul desencontrada
Vi minhas dores serem engolidas por um furioso rio

Desaguei com o olhar na busca do mar
Sequei a água dos olhos solta de um revés
Pisei as águas limpas de uma baía
Adormeci ao fim de sete marés

Sonhei
Com mares, com uma longa travessia
Desfraldei uma vela alva
Naveguei na chegada, na partida morria

Sonhei que era um cavaleiro andante
Por dias de inquietante perdura
Avistei um vagabundo num espelho de água
Era a minha alma talhada em pedra fria e dura

E fui criança de esvoaçante riso
Pássaro embriagado pela cor
Busquei em gestos enlouquecidos
Aquilo que pensava ser o amor

Descalço senti a dureza das pedras
Navalhas afiadas percorrendo o pensamento
Às vezes o sangue fecunda a terra
Às vezes o mundo pára por um momento

Quando era criança pensava
Que se o relógio parasse, parava o tempo também
Pensava que o rosto da felicidade
Era uma deusa vestida de branco vinda do além

Pensava que que meu mundo era apenas a ilha
Que as asas eram a cor da santidade
Que o pensamento atravessa todas as grades
Que um caminho da felicidade tem ladrilhos de verdade

Hoje deu-me para divagar
Estava para escrever uma história
Escorreguei na fronteira do pensamento
E rompi com...Os trincos da Memória...

95 comentários:

Leca disse...

Nada melhor...
do que romper com trincos...
sonhos são necessários...
para tais trincos da memórias...

beijos
Leca

sub_ ísis ENTREGA E SUBMISSÃO disse...

Hoje deu-me para divagar
meus sonhos, minhas saudades, meus anseios...
Beijos perfumados
sub_ísis

Tila Waltz disse...

É, outro dia mesmo rompi os meus trincos da memória. Simplesmente lindo. Aqui, levei um trechinho pra mim tá? Abraços!

HSLO disse...

Doce e belo...

abraços
de luz e paz

Lívia Azzi disse...

"Sonhei que era um cavaleiro andante
Por dias de inquietante perdura
Avistei um vagabundo num espelho de água
Era a minha alma talhada em pedra fria e dura"

Belíssimos e irresistiveis versos trouxeram-me aqui, lindo poema e encantadora música de fundo.

Um beijo!

HSLO disse...

Obrigado pelo poema deixado por lá amigo.

abraços
de luz e paz

HSLO disse...

Obrigado pelo poema deixado por lá amigo.

abraços
de luz e paz

Mari disse...

Oi Querido amigo, como andas?
Tudo bem, saudades e desejos de alegria. mari.

Branca disse...

Às vezes o mundo pára por um momento e os sonhos tomam conta do nosso pensamento...

Belo poema!

Tenha um bom fds!

Cria disse...

Um texto de rara beleza ! Beijos, Poeta.

Isa mar disse...

Gostei muito do que li, ser poeta é brincar em meio a palavras e sentimentos
Beijos e um abençoado domingo pra você!

Meri Aleixo disse...

Admirável ser,
ler você é uma delícia
vim deixar meu abraço
e agradecer a visita


beijo

Malu disse...

Agradecendo a visita , Te Sigo.

Bjo e uma Noite Serena ...

Sandrinha disse...

Sonhar é querer. Bons sonhos!

Adorei tudo ! Obrigado!

Terno beijo

Confissões de uma borboleta disse...

Ãs memórias são as joias d'alma...
guardamos o que queremos ter para sempre, guradamos o que queremos esquecer...eis a dificil causa!!
Obrigada por visitar o meu blog.
Bom domingo.
Karla

João disse...

Libertador ao ponto de enlouquecer na minha visão de interpretação. Abrçs

Diana Carla disse...

"E fui criança de esvoaçante riso
Pássaro embriagado pela cor
Busquei em gestos enlouquecidos
Aquilo que pensava ser o amor"

trecho que fez romper os trincos!!

lindo poema...

legalmente loira... disse...

adorei te receber,
belissimo espaço e ja estou a te seguir...
a gente vive rompendo,lindoooo.
bjos com carinho...

Ira Buscacio disse...

Retribuindo a visita e que bom! Encontrei um manancial de poesias.
Estarei seguindo pra não perder de vista.

Um bj e bom domingo

Guida Rosa disse...

BELISSIMO POEMA!
Impressa tenho na alma larga história
Deste passado bem, que nunca fora;
Ou fora, e não passara: mas já agora
Em mim não pode haver mais que a memória.

ABRAÇOS CARINHOSOS GUI.

MEU DOCE AMOR disse...

Estão abertos então!

Bonito.

Beijinho doce

http://leaosemselva.blogspot.com/

Activado.

???credo!

Vivian disse...

...profeta querido,
você perfuma minha casa,
com sua alma cheirando
à poesia!

adoro

bjbj

Isa disse...

Até a divagar escreves a poesia mais pura,meu Poeta Amigo.
Doce beijo.
isa.

Brisa disse...

Parei por um momento,para lêr estas belas palavras,dos trincos da memória.

Bj.

angela disse...

Saudades do amigo.
Romper os trincos da memória
Sonhar.
nos deu um lindo poema
beijo

Regina Rozenbaum disse...

Olá, vim conhecê-lo e agradecer não só sua visita, mas o poema - belo - que deitou lá no nosso Divã. OBRIAGADA!
Beijuuss n.c.

www.toforatodentro.blogspot.com

Misturação - Ana Karla disse...

Encantada com seu blog!
Obrigada pela visita e seja sempre bem vindo.
Bom domingo!

Viva. disse...

Teus versos sempre são encantadores.

Multiolhares disse...

por vzes gostava de parar nos pensamentos quando era criança, sonhava e acreditava nos sonhos
Bj

GarçaReal disse...

É a chegada do Outono, ondes as hortênsias tombam tristes e deixam as cores ao abandono.
Então o ser entra em letargia troca certos momentos de memória por pinceladas de nostalgia e é então que acontece o voo perdido de uma garça que se aninha num infinto ....Talvez até já desaparecido.

Bjgrande do Lago

Lua Nova disse...

Que bom que vc me deu a oportunidade de conhecer teu lindo blog e ler teus poemas encantadores. Esta blogosfera me abriu caminhos maravilhosos que me fizeram cohecer pessoas especiais e cujos pensamentos tranformados em imagens, palavras e músicas, me fazem refletir e expandir cada vez mais meus horizontes e perspectivas. Você é uma dessas pessoas especiais que enriqucem a vida de quem priva do seu convívio mesmo que seja virtual.
Beijokas.
Seguindo...

Luh disse...

lindissimoooo ameeei...bgdo pela visitaaa... bjos da luh1

Minhas Palavras disse...

Meu caro amigo,

Que lindo poema, mas tão lindo que vou colocar parte dele em meu blog, com link para seu blog.

Obrigada pela visita,

Muitos beijos.

Encantadora de Abelhas disse...

Muito lindo e sedutor... Adorei o blog, passei a seguir desde já.
Adorei a visita!
Volte sempre, rsrs
Bj

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Sempre perfeito!!

"Quando era criança pensava
Que se o relógio parasse, parava o tempo também
Pensava que o rosto da felicidade
Era uma deusa vestida de branco vinda do além"

Apenas você poderia escrever verso como este...lindo!!!


Beijo,saudades!

Sonia Regina.

Aleatoriamente disse...

Poesia linda.
Que a sintonia desse poema, escorra entre corações carecidos de um toque suave na alma.
Obrigada por sua visita.

Abraço.
Fernanda

RosanAzul disse...

Lindo teu poema...
Boa semana, meu carinho,
Rosana

alegria de viver disse...

Olá querido

Lembrar é sonhar acordada.
Como sempre belos poemas.

Obrigado pelo presente.
Com muito carinho BJS.

Confesso disse...

Eu precisava daquele "Doce beijo"...

Obrigada


Beijos confessos...

AFRICA EM POESIA disse...

o profeta

Vi-te chegar e Vi-te sonhar.
Um beijo
Volta sempre ao meu espaço

Bandys disse...

Hoje deu-me para divagar
Estava para escrever uma história
Escorreguei na fronteira do pensamento
E rompi com...Os trincos da Memória...

Quero romper com os trincos da memoria tambem.

Lindo demias.

Beijos doces

Vanessa disse...

Bacana!
Beijos.

Irene Moreira disse...

Memórias guardadas que acabamos deixando guardadas e seguimos em frente correndo contra o tempo.

Chega o dia que temos que dar um stop e abrir os troncos e rever esses montos que foram vividos e deixar a nossa memória relembrar, divagar no tempo qeu passou.

Gostei muito Profeta.

Beijos nos seu coração e obrigado por estar sempre presente

Vozes de Minha Alma disse...

Em cada rio que seca
Em cada árvore arrancada
Em cada canto da serra
É a mata que agoniza

Em cada perfuração
No leito do mar sereno
Na mesa de um altar
Um corpo é oferenda

Abraços

Pelos caminhos da vida. disse...

Hoje deu-me para divagar
Estava para escrever uma história
Escorreguei na fronteira do pensamento
E rompi com...Os trincos da Memória... perfeito rompimento.

Bom dia e obrigado por sua companhia.

beijooo.

Natália C. Diacoyannis disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Natália C. Diacoyannis disse...

Bonito e profundo, gostei mesmo.
Já estou te seguindo, voltarei!

Maria disse...

Amigo, um poema de memórias, de sonhos, um poema cheio de sentimento, absolutamente lindo.
bjs do tamanho do infinito
Maria

gaivota disse...

e rompendo com esses trincos da memória... assim continuas nestes lindos versos!
deliciei-me e delicio-me com a "Alquimia"...
acabo de deixar a canção Olhos da Saudade
faltam as Correntes de Encanto...
beijinhos à Maria
e para ti

Vanuza Pantaleão disse...

Cada vez mais incrivelmente Poeta!

Há muito não lia um Poema tão profundamente tocante.Com certeza, foram rompidos em meu coração esses velhos trincos da memória.

Obrigada, amigo!!!Bjssss

Valéria Gomes disse...

Tua poesia está belíssima, nem ousarei dizer nada. Obrigada, meu querido!!!

Beijos de passarinho!!!

MEUS POEMAS disse...

Oi querido, passei para te desejar uma boa semana e deixar um beijo!
Gena

Pensadora Compulsiva disse...

Ola!
Passei para conhecer e adorei seu blog, muito bom gosto, lindas poesias!
Parabéns.
bjux

Leca disse...

Perdoa-se tudo aos amantes...e aos doidos.

Frase de...Madeleine Scudéry

Beijos

Leca

Insana disse...

Que imagem Que texto nossa. ainda mais neste momento. que estou.

bjs
Insana

HSLO disse...

Voltando aqui, pra te desejar uma ótima semana de paz e sucesso.

abraços

ஐ¸.Lady .¸ஐ disse...

Olá!
Obrigada pela deliciosa visita e as palavras que deixou em meu jardim.
Sabes brincar com as palavras com toda ternura de sua alma.
Tenha um ótimo dia.
Com carinho, Lady.
Beijos meu!

Flávia disse...

É tão sublime a sensação de que o mundo pára por um momento...
Belíssimos versos. Como sempre!
Beijo encantado!

SAM disse...

Querido poeta,

e que maravilhas desandaram em versos. Lindo, poeta. Obrigada.


Carinhoso beijo.

Graça Pereira disse...

Ai memória, memória...
Que não se detém jamais!
Lembras-me a história.
Da qual já perdi sinais!

Lindo "Os trincos da memória"!
Deixo-te um beijo
Graça

Livinha disse...

Alma que busca um paraíso, visualiza os segredos, nas aragens infinitas.
Mergulha no profundo, inspira-se, inunda, no verdes das campinas, a iluminar o agreste...
Almas ansiosas, liberta-se na soltura das presilhas quando sonha...
Sonhar é vida...

Obrigado pela visita.

Feliz semana

Bjs

Livinha

luar perdido disse...

Desfralda as velas, lança-te ao mar, mergulha no azul anilado das hortensias, parte todos os trincos e grilhões da memória, abre a tua janela da alma às asas de uma gaivota e deixa-te somente levar.

Belo como só tu sabes escrever.
Beijo de luar

Tear Drop disse...

Nada melhor que acabar o dia com um travo de poesia.
obrigada :)

@ngel

♥.•:****-franciete-****:•.♥ disse...

Amo pessoas
com olhos de garça
que fazem poemas
nas nuvens que passa

Que escrevem poemas
alinhando os fiozinhos
com a mesma ternura
com que os pássaros fazem os ninhos.

Beijinhos de luz e muita paz

claudete disse...

E como sempre...Rompeu de uma forma magistral. Beijos no coração

Luciana disse...

Oi Profeta

Uma boa semana pra ti

Bjs

Sandra disse...

VENHO CARINHOSAMENTE ENTREGAR EM MÃOS O MEU CONVITE DE ANIVER PARA O DIA 22.09.2010
LOCAL:CURIOSA.
HORÁRIO:DURANTE TODO O DIA.

É COM MUITO CARINHO QUE DEIXO O CONVITE A VOCÊ. ESTAR AQUI JUNTINHO DE VOCÊ É TER A CERTEZA QUE A VIDA NÓS DÁ DE PRESENTE, MAIS UM DIA..UM ANO MUITO ESPECIAL: O NOSSO ANIVR.
CELEBRAR A VIDA É TUDO DE BOM.
QUERO COMEMORAR CONTIGO ESTA DATA TÃO ESPECIAL.

VOCÊ SERÁ O MEU MELHOR PRESENTE..
VENHA SE DIVIRTIR COM A CURIOSA.
SERÁ UMA LINDA FESTA..
VAI TER BOLO, CHAMPANHE, DANÇA, SALGADINHOS..MUITA ALEGRIA.

UM GRANDE ABRAÇO..
DEUS TE ABENÇOE.
CARINHOSAMENTE
SANDRA

Ingrid disse...

Vim agradecer a visita e maravilhar-me com suas palavras.
Lindo o seu blog.
Um beijo!

Sonia Pallone disse...

Aqui, na tua morada de palavras e sentimentos, tudo o que se vê e se lê, escorrega pela mente feito mel pela garganta..Beijos

Nini C . disse...

Perco-me e prendo na ausencia que abraço a cada dia. Se o dia hoje é diferente, não sei. Sei que perco, estou perdida. Em outro dia, em outra noite, em outro gole de café, nas paredes do meu quarto. Preto e branco. Estou perdida.

Amei teu blog.

Sandra Botelho disse...

Lindo teu poema...
bjos achocolatados

Aquarela disse...

E o pensamento atravessa todas as grades...

Michelle Nazar disse...

Falar ed tempo, memórias, infância e sonhos..são temas que mexem, de fato, comigo! Adorei este sensível post amigo. Beijinhos ;-)

helia disse...

"Busquei em gestos enlouquecidos
Aquilo que pensava ser o amor..."
Todos buscamos o Amor,porque sem Amor a vida não tem sentido !
Um Poema maravilhoso!

Valéria Sorohan disse...

Lindo blog, parabéns!

BeijooO*

david santos disse...

"Veio do mar do norte
Tal como a minha vontade em passos perdidos"
Trincando os azares com sorte,
da memória banhada em calores frios

Fantástico, Profeta, fantástico.

Abraços

gota de vidro disse...

Momentos há na vida em se abre uma brecha na memória e de lá extravasam momentos adormecidos.

bjito da gota

Luma Rosa disse...

Ah se todo pensar rompesse os trincos da memória! Voaria pensamento seguindo os trilhos do infinito horizonte e lá longe aguçaria o olhar para o azul imenso e como um anjo soltasse faíscas sobre o universo, desejando, lógico, felicidades à todos!! Beijus,

Ale Danyluk disse...

Seus rompantes sempre são acompanhados de pura magia e graça...
Lindo
Bjo
Ale

VOICE disse...

Desde los afectos


Cómo hacerte saber que siempre hay tiempo?

Que uno tiene que buscarlo y dárselo...

Que nadie establece normas, salvo la vida...

Que la vida sin ciertas normas pierde formas...

Que la forma no se pierde con abrirnos...

Que abrirnos no es amar indiscriminadamente...

Que no está prohibido amar...

Que también se puede odiar...

Que la agresión porque sí, hiere mucho...

Que las heridas se cierran...

Que las puertas no deben cerrarse...

Que la mayor puerta es el afecto...

Que los afectos, nos definen...

Que definirse no es remar contra la corriente...

Que no cuanto más fuerte se hace el trazo, más se dibuja...

Que negar palabras, es abrir distancias...

Que encontrarse es muy hermoso...

Que el sexo forma parte de lo hermoso de la vida...

Que la vida parte del sexo...

Que el por qué de los niños, tiene su por qué...

Que querer saber de alguien, no es sólo curiosidad...

Que saber todo de todos, es curiosidad malsana...

Que nunca está de más agradecer...

Que autodeterminación no es hacer las cosas solo...

Que nadie quiere estar solo...

Que para no estar solo hay que dar...

Que para dar, debemos recibir antes...

Que para que nos den también hay que saber pedir...

Que saber pedir no es regalarse...

Que regalarse en definitiva no es quererse...

Que para que nos quieran debemos demostrar qué somos...

Que para que alguien sea, hay que ayudarlo...

Que ayudar es poder alentar y apoyar...

Que adular no es apoyar...

Que adular es tan pernicioso como dar vuelta la cara...

Que las cosas cara a cara son honestas...

Que nadie es honesto porque no robe...

Que cuando no hay placer en las cosas no se está viviendo...

Que para sentir la vida hay que olvidarse que existe la muerte...

Que se puede estar muerto en vida..

Que se siente con el cuerpo y la mente...

Que con los oídos se escucha...

Que cuesta ser sensible y no herirse...

Que herirse no es desangrarse...

Que para no ser heridos levantamos muros...

Que sería mejor construir puentes...

Que sobre ellos se van a la otra orilla y nadie vuelve...

Que volver no implica retroceder...

Que retroceder también puede ser avanzar...

Que no por mucho avanzar se amanece más cerca del sol...

Cómo hacerte saber que nadie establece normas, salvo la vida?


Mario Benedetti



Un abrazo y una sonrisa con mucha Paz!

Pensadora Compulsiva disse...

Olá!
Tem selinho para você no meu blog, não precisa postar se não quiser... é só um carinho ao seu blog,
bjux

helia disse...

Por vezes é necessário "romper com os trincos da memória..."
Mais um belo Poema!

TITA disse...

Profeta se o mundo te lesse por um momento pararia e escorregaria nas fronteiras da palavra.Palavras para quê?Belo demais. Um abraço.

Thelma Brait disse...

Venha me visitar de vez em quando... Tenho ainda seu poema! Lindo... Lindo... como coments!

Fátima disse...

Olá Profeta
Que abra-os sempre, para que eu possa ler beleza como esta.
Fico muito honrada quanto me visita.

Beijo meu

Everaldo Ygor disse...

E os trincos, aqueles como antigas fechaduras, e outros ainda como sulcos em nossas faces, em nossa poesia...

Chellot disse...

"Descalço senti a dureza das pedras
Navalhas afiadas percorrendo o pensamento
Às vezes o sangue fecunda a terra
Às vezes o mundo pára por um momento"

Linda estrofe profeta. Gostei imenso. Beijos doces.

gaivota disse...

passei... desejo bom fim de semana e todo o sucesso na peça!
adianto os meus/nosso parabéns, porque sei que vai ter muito êxito!
beijinhos, armando e à maria e rapazes

Flor disse...

não se esqueça de mim
doce profeta

Juci Barros disse...

Belíssimo.
Beijos.

Anjo Negro disse...

Gosto do poema,
adoro a música =)
Obrigado pela beleza do momento

fique bem

Insana disse...

"Não é o mais forte que sobrevive, nem o mais inteligente, mas o que melhor se adapta às mudanças"
Charles Darwin


Bjs
Insana

BRANCAMAR disse...

E rompeste muito bem num belíssimo poema.
Saudades de vir aqui a este espaço na lembrança de que estiveste comigo desde os primeiros momentos.

Beijos

António Gallobar disse...

Olá amigo Profeta

Sempre com maravilhosos poemas e nada como saborear as palavras

"Sonhei
Com mares, com uma longa travessia
Desfraldei uma vela alva
Naveguei na chegada, na partida morria..."

Fantastico pabens

Insana disse...

E esta liberdade é a desejada?

bjs
Insana