segunda-feira, 25 de outubro de 2010

HERDEIROS DOS SETE VENTOS


Areia foi aplanada pela maresia
A madrugada instaurou a claridade
Um barco parte para o mar-alto
Leva tatuada no casco a palavra saudade

Uma gaivota olha com olhar perdido
Perdidamente um golfinho salta no azul
Perdi à muito o rumo que me levava
Ao amor que habita um sitio no sul

O Mundo agita-se na costumeira loucura
Olhos vazios na procura do nada
Passos incertos em rumo por inventar
Uma criança que chora presa a mão dada

E o vento lá bem no alto
Varre as nuvens ao encontro do mar
Sopra adiante uma vontade inventada
Solta de um amante que procura o amar

E eu aqui no alto
Fiquei com vontade de ensaiar o voar
Um Milhafre olha-me zombeteiro
O melhor é deixar-me ficar

Fecho os olhos
Procuro o silêncio desejoso da alma
Mas este vento não pára, não se aquieta
Reacendeu no meu peito uma mortiça chama

Em labaredas soltou-se a lembrança
Os sonhos espreitaram envoltos em chamas
A paixão ganhou cor em seu esplendor
Soltei as dores, as mais tamanhas

Mas este vento enlouqueceu
Dançam as árvores em furioso passo
Agitam-se as águas adormecidas
Um pássaro vagueia num curto espaço

Tem feitiço este vento
Feiticeiro do vento, montado em corcel
Serei eu o culpado desta demanda
Ou apenas um boneco de amarrotado papel

Demiurgo de causa perdida
Com a alma emaranhada em mil talentos
Não, sou apenas uma aragem de passagem
Um dos...Herdeiros dos Sete Ventos...

33 comentários:

PRECIOSA disse...

Lindo! Lindo, lindo

Tenhas uma semana regada de paz e muito amor....

abraços carinhoso
Preciosa Maria

Rosangela Neri disse...

Vento... vento que soprou uma brisa me dizendo pra passar aqui e te deixar um beijinho.

Belo poema e maravilhosa imagem!

Dulce disse...

Um encanto. Uma delicia.
Abraço longo e sentido.
:)

Hanah disse...

Lindo !!!
Preciosa ...;-)

Bjo Saudoso


Hanah

Ira Buscacio disse...

meu querido,

O vento e o tempo, dois feiticeiros que nos encantam.

Bjs, meu amigo

•.¸¸.ஐBruneLLa França disse...

Que leve o vento a ti os versos que geraste em mim!

Maré

Estou grávida do mar
E de mim nascem ondas de sentimento em tua direção
E mesmo que não saiba precisar qual seja
Guio-me pela Lua,
Mãe de todos os meus desejos e loucuras.

Transbordo em espumas brancas para te beijar, delicada
Desfaço-me na areia da realidade para te alcançar ao longe
De mim exala ainda o perfume da maresia.

Ah, poeta... És tu o pescador de mim?
Que agrado fiz aos deuses para me merecer tua?
Ah, Posêidon para quem carrego no sorriso a sinfonia das ondas,
Não há nada que queira mais que navegar em ti.

Estou grávida do mar de vocábulos que te compõem

E é teu dom manifesto em mim o autor destes versos.

Estou grávida do mar porque tu habitas em mim.
Toma-me pois pelas tuas mãos
Direciona minhas ondas para a ilha onde me esperas
Acolhe-me em teu regaço
Descansa-me das correntes marítimas,
Quero aconchegar-me em ti e ficar.

Estou grávida do mar
Estou plena de ti, oceano de doçura e bem-querer.
Recebe o sorriso meu, poeta
E entrelaça em minhas mãos teus dedos
Cobre-me por um manto de espumas e leva-me a voar no mar.

Tuas palavras criam vida em mim
Mesmo que meus olhos não te tenham encontrado.
Estou grávida do mar...

beijos e borboleteios

Ana Lúcia Porto disse...

Já que o vento lhe move, vale a herança...

Muito bonito!!

Beijos,

Doce Melodia disse...

Lindos versos, deliciosos... no ruflar dos ventos...

"E o vento lá bem no alto
Varre as nuvens ao encontro do mar
Sopra adiante uma vontade inventada
Solta de um amante que procura o amar"

Será sempre bem-vindo no meu Mudança dos Ventos http://floresdevenus.blogspot.com/

Beijos!

Álly ;*

EU SOU NEGUINHA disse...

Maravilhoso.....
Beijos em ti

Momentos disse...

Grande mago!

Doce escrita
Pureza na alma
Leveza no espírito
Encanto sublime
Ventos suaves
Embalando vidas!

Um Carinho!

Ava disse...

Lindo Profeta!
Um delicioso momento matinal este teu poema. Que saudades...

Beijinhos doces, Ava.

SAM disse...

Querido poeta,

estes sentimentos do mundo ( que " agita-se na costumeira loucura"), herdamos.

Carinhoso beijo.

Isa disse...

Meu Poeta, meu Amigo.
Como é reconfortante,nestes momentos loucos,ler-te!
Levas-nos,nas tuas palavras,no ritmo da tua Poesia,a lugares de magia e beleza.
Beijo.
isa.

Sonia Pallone disse...

Tem poemas que nem precisam de palavras...A imagem já diz tudo. Linda, linda... Bjs, meu querido Profeta.

orvalho do ceu disse...

Olá, Profeta
Vem alçar voo conosco:
venho propor-lhe algo no meu post de hoje...
Conto com sua participação amiga.
Excelente semana,cheia de ricas bênçãos!!!
Abraços fraternos

Aquarela disse...

alma emaranhada em mil talentos
que grita alto o amor que procura amar... qual ave livre em voo altivo... qual ilha-noite em dias de acordar...

abraço

Sandrinha disse...

................................!

Sonhadora disse...

Poeta
Sempre superando-se, um poema muito belo.

beijinhos
Sonhadora

khmer student disse...

wonderful site you have got, congratulation for your good job. Could you exchange

link with my site? it is new, do hope you do not mind to exchange link
Here's mine
http://khdoc.blogspot.com/

http://khmergay.nibblebit.com/

cheer,

Khdoc news

RosanAzul disse...

Belíssimo... Meu carinho, RO

"Na voz dos mares, na expressão dos ventos
Há um mistério de fazer pensar…
Nas forças d’alma, no poder do gênio
Há um segredo que me faz chorar…

Tobias Barreto

SILVIA disse...

Más que bello... un placer leerte.
besos mil!!!

Confissões de uma borboleta disse...

Lindo...
que bons ventos te preservem.
Beijos

Michelle Nazar disse...

Profeta..querido amigo! Antes de tudo, que imagem linda que escolhestes para este doce post! Sim..vamos aos ventos..ventso que nos trazem paz, ruína, transformações, mas que nunca passam em vão pelas nossas vidas... Achei um dos melhores posts que já fizestes..lindo demais e com muito sentiidos no cerne dele. Abraços!!!! ;-)

Leca disse...

Acho que sou uma herdeira do vento...para mim o vento é uma divindade...que sopra a meu favor sempre...

Beijos

L
e
c
a

gaivota disse...

e num dia de grande ventania, por aqui, pelo continente... o mar está bravo, quer galgar tudo!
tudo se agita, mas as gaivotas não se conseguem mexer, são levadas pelos ventos... mas milhafres, só mesmo por aí!
beijinhos a todos

Crista disse...

\o/
Sei que vais morrer de curiosidade em querer saber quem passou por aqui e fez...\o/....para ti e teu blog!!!!!
1/2 beijo ....rsrsrsrs

Brisa disse...

"Sou apenas uma aragem de passagem"
para te dizer que este poema é lindo
Bj.

Maria José disse...

Que esses ventos sempre lhe tragam inspiração como vemos em seus poemas. Sempre lindos. Grande abraço.

Luz da Lua disse...

"Em labaredas soltou-se a lembrança
Os sonhos espreitaram envoltos em chamas
A paixão ganhou cor em seu esplendor
Soltei as dores, as mais tamanhas"

Magnífico !!!!!É sempre muito bom vir aqui e deparar-me com a beleza que brota de ti. Beijo grande.

Graça Pereira disse...

Os teus poemas são como os ventos...chegam com os ventos fortes do Norte.
Beijo
Graça

Elizabeth F. de Oliveira disse...

Belo poema, meu caro profeta.
Como sempre, é sempre muito bom passar por aqui.

beijo no coração

Ale_gria disse...

Ola profeta
muito bonito seu texto
cheio de encanto..
bom vir aqui

abraços

kah flor disse...

passando pra deixa um beijo e flores
não me abandone profeta