sexta-feira, 2 de novembro de 2012

AMARGO NOVEMBRO

São mudas as neblinas nesta ilha
É de pobreza o pão que alimenta o meu sentir
Oiço o mar com os meus próprios dedos
Parti do desencontro dos meus derradeiros medos

Parti e deixei no cais mil dúvidas
Lembrei tempos que corri feliz pelas amoras
Nesses dias bebi sofregamente a vida
Nesses dias a minha alegria era incontida

Estou ausente do amor e desta terra
As memórias secaram numa lagoa inventada
Este barco que me carrega em solidão
Sem trégua será o resto desta história inacabada

Entre mim e o amor existe dúvida e dor
Frias são as pedras de uma casa sem o branco da cal
Este Inverno espalhou presentes dourados sem valor
Este fogo sem chama, este ardor, este frio de falso calor

Sou uma Garça perdida na areia
Anoiteceu no meu olhar
Perdi as penas, perdi-me na terra das ilusões
Perdi-me no mar num sonho que não quero acordar

Já não há música para fazer crescer alegria dos meus gestos
Já não há cores para fazer obra que preste
Já não há alma guerreira para ouvir o que dizem os dias
Já não há lembrança de Primavera neste vento agreste

Eriçado matagal de espinhos
Olá pobreza das estéreis vinhas
Olá gente descrente deste desbotado retrato
Olá palco onde deixei tantas emoções minhas

Apenas resta a brancura dos meus sentires
E pequenas coisas que ainda lembro
Quero apenas ter nos olhos o silêncio
E adormecer neste…Amargo Novembro…

124 comentários:

Ingrid disse...

sempre tão intenso Profeta..
amargor em versos de encantar..
beijo ..

Ingrid disse...

em tempo: tem selo para ti lá no Perfumes querido Profeta..

Leonor Lourenço disse...

Ótima conjugação de palavra e música. Gostei muito da poesia. Beijo amigo

Cristina disse...

Siempre es un placer deisfutar de tu maravillosa poesía.
Te dejo un fuerte abrazo, buen fin de semana.

Gracita disse...

Olá profeta.
Que poema lindo! Versos profundos e arrebatadores. Um abraço
Gracita

Cidinha disse...

Olá, amigo. Bom fim de tarde! È um prazer estar por aqui e ler belos versos. Me encanta tanta sensibilidade! Belissimas imagens. Desejo também um bom fim de semana. Beijos!

Carla disse...

Caro Profeta!
Que seu Novembro só tenha gosto amargo no papel!
Abraços...

teca disse...

Bonitos versos para o dia...

Bom fim de semana.
Beijo e uma flor, com carinho.

SoBijoux disse...

Lindo!!!
Bm fim de semana.

São disse...

Feliz fim de semana

Suzanne Bean disse...

Thank you for visiting my blog. Are you going to add a translate button to your site as I would love to read more of your poetry. Many blessings.

isa disse...

Que harmonia dolente palavra/música!
Beijo.
isa.

Ana disse...

mais uma vez agradeço a visita e as bonitas palavras que deixaste no phomentos.

beijinhos

Paty Carvajal disse...

Bellísimo. Describes una nostalgia que parece casi bella con tus palabras. Eres un gran pensador y poeta!!
Un abrazo.

Nany C. disse...

teus versos sempre cheios de intensidade!...

Beijos em teu coração, Profeta!
Ü

Pocket of Sunshine disse...

Palavras sempre inspiradoras :)

Votos de um excelente fim-de-semana!

Amara Mourige disse...

Profeta, belíssimo e encantador seu poema!
Fiquei super lisonjeada com sua visita no meu cantinho.
Uma abraço
Amara

Mary disse...

palavras fortes, intensas e nostálgicas.. lindas como sempre, me fizeram viajar em lembranças.. beijos mil e ótimo findi..

lua prateada disse...

Lindo como sempre...faz tempo meu poeta que por aqui não passo...por vezes nossos corações ficam demais tristes seja para postar ou para visitar, desculpa. Bjito prateado

SOL

*ELENA* disse...

Muito bom poema!
Desejo-lhe um bom fim de semana!
Muito arrastando e abraço!
Beijos.

Rita Freitas disse...

Triste mas não menos lindo.

Adorei

Beijinho

Gianna disse...

Versi molto belli, ma malinconici come Novembre, mese di autunno.

Buon fine settimana con un abbraccio.

Xana disse...

Apenas resta a brancura dos meus sentires
...E pequenas coisas que ainda lembro.

Eterno profeta, das sublimes palavras que os ventos levam ao infinito da alma.

Abraço!

Madonna Cardoso disse...

Olá, estou passando para divulgar meu blog, estou seguindo o seu, siga o meu de volta. Volto pra ler seu blog, prometo.

http://ameninaquesacudiapalavras.blogspot.com.br/

Um beijo ;)

Ro Archela disse...

Obrigada pelos versos na cozinha mediterrânea!

LUZ disse...

BOM FIM DE SEMANA E EXCELENTE SEMANA, TAMBÉM. `

Fê-blue bird disse...

O que comentar perante a beleza e profundidade deste poema. PERFEITO, Parabéns!

...Perdi as penas, perdi-me na terra das ilusões...

beijinhos

Cristiane Marino disse...

Lindo Poema!
Obrigada pela visita e por compartilhá-lo conosco.
Abraço e ótimo fim de semana

Antônio Lídio Gomes disse...

Neste poema tão melancólico, sinto tu'alma pulsar
São teus lamentos de poeta que pranteia;
São lamentos da alma, que te levam a navegar,
Por ilhas desertas, nebulosas; mas em tuas mãos, uma candeia!


Com estes versos desejo uma boa tarde e deixo um abraço.

Arco-Íris de Frida disse...

"Anoiteceu no meu olhar
Perdi as penas, perdi-me na terra das ilusões
Perdi-me no mar num sonho que não quero acordar"

Se achar o caminho de volta..me diga como se faz ...

Dorli disse...

Oi profeta
Quem és tu que entraste devagarzinho no meu simples blog e deixaste-me estonteante com esses versos intensos que fizeste, cá meu coração, um pouquinho triste do seu poetar lindo e de uma estridente força de vontade de chegar ao seu eu.
Se novembro cai relâmpagos, em dezembro temos as luzes da esperança.
Lindo!
Obrigada pela visita
Volte quando quiser
Abraço no coração
Lua Singular

Orvalho do Céu disse...

Olá,
A amargura pode acontecer em Novembro ou em outra ocasião, se persiste em nosso coração...
Tem toda uma tristeza coerente...
Abraços fraternos de paz e bem

INTEGRAL DE MIM E DE MEU TEMPO disse...

Sem palavras para descrever a beleza do poema.
Profeta Poeta... uma luz profética e poética!

Iza disse...

Poema muito lindo, Profeta.
Gostei demais. E gostei muito do último verso.
Beijos <3

Zilani Célia disse...

OI PROFETA!
VERSOS QUE TRADUZEM A TRISTEZA DE RECORDAÇÕES DO PASSADO E SENTIRES PRESENTES...
TEU TEXTO EXPÕE TUA ALMA DE POETA QUE ESTRAI DA TRISTEZA, O QUE ELA TEM DE MAIS BELO, QUE É A POESIA.
ABRÇS

zilanicelia.blogspot.com.br/
Click AQUI

Carolina disse...

Ola amigo Profeta, suo pensamiento me resulta extraordinario, tem um anjo muito particular...
Doce beijo.

Solange disse...

interessante que a maioria das coisas que eram boas, ficaram pra trás...

bjs.Sol

Eloah disse...

Profeta,
Deixo aqui meu carinho e meus agradecimentos pela generosidade dos teus comentários e destaco a beleza de teu poema.Sensibilidade pura.Encantei-me.
Bjs.Eloah

Dulce Morais disse...

Profeta,
Que profundos e pungentes versos! O amargo novembro inspirou poesia bela e emocionante.
Parabéns!
PS: acompanhada por excelente música, é ainda mais delicioso ler a sua escrita.

rouxinol de Bernardim disse...

Novembro não tem culpa de abril estar a ser crucificado!

Teresa Cristina disse...

Não há nada como se perder totalmente
E assim no futuro se reencontrar
Se descobrir...melhor
Assim como a Fênix que renasce das cinzas
No tempo exato irás despertar
Muito mais belo
Viril
Pronto para um novo
Amar
Bjkss

Vera Lúcia disse...


Olá Profeta,

Há muita nostalgia nos versos, o que não subtrai a beleza do poema.

Belo domingo para você.

Meu abraço.

Solange disse...

Perfeito!!
Grata pela suave visita
Beijos da Sol

Ailime disse...

Olá grande Poeta,
Belíssimo poema. Novembro, O Outono, o Inverno trazem-nos memorias e sentires diferentes das outras estações do ano. Mas a Primavera está sempre presente na inspiração que é a alma do Poeta. Beijinhos. Ailime

MARILENE disse...

Até para demonstrar amargura você faz belas construções. As lembranças findas deixam vazios. E cabe-nos preenchê-los com outras ilusões. Bjs.

Anne Lieri disse...

Profeta,poesia comovente de um novembro triste e cheio de desilusão de amor!Ficou linda!Bjs e meu carinho,

Kaka disse...

Ter comentário de um poeta profeta em meu bloguinho...ah! É tudo de bom...
obrigada
Belo poema, musica deliciosa.
Domingo de luz e paz

Kaka

Mary disse...

Oi Profeta!
Lindos versos,encantada com tudo.

Obrigada!
Uma honra que tenhas me visitado.
ótima semana pra ti

" Amanda Lopes" disse...

Tenho certeza que não é a primeira vez que visito seu blog..
Gosto muito...

XD

Lilá(s) disse...

Que o teu Novembro não seja tão amargo assim e te continue a trazer tão belas inspirações.
Bjs

Carolina disse...

Ola, ja habia passado por aqui, okey. Ate entao. :)

luar perdido disse...

O branco do teu sentir encerra todas as cores. Porque o branco se decompõe em todas elas, por isso não pode haver frio entre ti e o amor. se exiate um imaculado sentir...Haverá sempre o vermelho rubro do fogo que criou o chão que pisas.O verde unico que cobre as encostas ponteadas a nevoeiro, o azul profundo das águas revoltas contra a eriçada lava...Não doce profeta, o Novembro não veio amargo,veio sussurrar-te memórias, agarra-as e deixa que as tuas penas de alva garça te elevem no ar de novo.
Optima semana.
Beijo de eterno luar

Tété disse...

Com o avançar dos anos a alegria é menor que a da juventude.
No entanto, é importante que saibamos colorir os dias de amor para não sentirmos tão forte a dor dos espinhos e assim, mesmo após o sono, termos um acordar mais leve e sereno.
Abraços e um beijo

Cristal de uma mulher disse...

Versos intensos onde comunga uma variedade de sentimentos...encontros e desencontros..alegrias e tristezas...

...Eriçado matagal de espinhos
Olá pobreza das estéreis vinhas
Olá gente descrente deste desbotado retrato
Olá palco onde deixei tantas emoções minhas...

Sabe aquela coisa onde o estasse da perfeita escrita é maior que as palavras?
Assim são tuas letras que tem fogo e não apaga...Seja feliz e sorria por tudo profeta.

Obrigada pelo carinho que me deixaste outro dia e perdão por demorar chegar aqui....Tenho problemas com minha mãe onde enfrenta uma enfermidade...Obrigada pelo teu carinho.

Um grande beijo

Amanda Souza disse...

O amargo de cada dia...

Helena Castelli disse...

Ando ancorada em porto algum nesse amargo novembro...

Blackbird disse...

É um poema lindo :)

Cigana Raicha disse...

Boa noite, passando para te desejar uma semana de vitória que vc tenha muitos motivos pra sorrir.
Optchá!
Cigana Raicha
http://ciganaluminosa.blogspot.com.br/

lilian reinhardt disse...

Apesar da melancolia das brumas/as velas do barco ascendem além delas...e na concha das tuas mãos ouvirás do mar os segredos dos novos tempos...paz profunda!

may lu disse...

Este novembro está parehcendo-me as folhas outonais perdidas em um final de setembro... Doce beijo e linda noite!

Luz Da Lua disse...

Poema de uma sensibilidade nostálgica que quase parece ser real...Que teu Novembro,amigo Profeta ,seja cheio do brilho e calor do Sol,a enfeitar teus dias nesta ilha mágica dos teus versos !Beijo grande,Boa Semana !

Claudia Victória disse...

Obrigada pela visita! Uma ótima semana!
http://momentosdemodaebeleza.blogspot.com.br/

MORGANA disse...

Un poema que toca el alma,es precioso.
Besos inmensos.

flor de cristal disse...

Oi Profeta das almas românticas!

Se vc não escrevesse nada já ia dizer tudo na imagem escolhida. Só ela já diz muito...,mas não vc foi mais longe e colocou no papel o que vai no coração do menino que cresceu...

Emocionada te li acredite.

Adoro quando me visita, sabia? ;)

Beijos da cristal!

she.is.the.one disse...

Nice post dear :)
Join Luxurious Estée Lauder Giveaway on my blog.
http://she-is-the-1.blogspot.ch/2012/11/giveaway-v.html

Ann Marie disse...

Hello my friend!
Thank you for visiting my on my blog.
Poetry is beautiful words and thoughts which reaches me from your blog.
Being able to to create as many words and thoughts so beautiful as poets do is to me hard to understand.
I must content myself with read and enjoy what others have written.
I wish you my dear friend a wonderful start to the week.
Hugs!

Mik disse...

Intensidade extrema. Que a ilusão se desfaça e vá longe entre brumas mais amena! Encantador!!

aluap disse...

O que somos hoje, devemos ao que vivemos e fomos no passado.
É bom retirar de quando em vez o pó das lembranças da nossa meninice.

Um abraço e um bom Novembro.

Joana disse...

Obrigada pelas palavras:)
Boa semana!

Enigma disse...

Eu e a minha mãe:

__ Não, não é assim... O giló amarga mas tem quem goste. Então minha mãe respondeu:
__ Mas o giló é gostoso,
o amargo é diferente.

P.S. Gostei imenso desse
teu sentir, desse teu saber expressar o infinito. Escrever é uma arte. Parabéns! Que o teu "Amargo Novembro" seja o melhor novembro de toda a tua vida...


Pérola disse...

Um lamento de sentires que não se conseguem calar.

beijinho

Inês disse...

Bonito

Beatriz Ls disse...

muito obrigada pelos comentários*
sou apenas uma escritora amadora, comparado a tão lindos poemas e palavras tão intensas! parabéns :)

Carolina Silva disse...

Obrigada :)

✿ chica disse...

LInda poesia,mais uma vez aqui! Sempre ganhamos ao passar aqui! abraços,chica e linda semana!

andrii disse...

Que versos magníficos!
Obrigada pela vista ao meu cantinho <3

♥ ♥ Simone Fernandes ♥ ♥ disse...

Bela poesia!
Obrigada pela visita!

Beijos XD

Evanir disse...

Estou com muitas saudades
como estou resolvendo no momento
problemas pendentes que preciso realmente
decidir.
Com muitas saudades venho deixar meu carinho
e agradecer sempre pela sua linda amizade.
Quantas vezes ao me sentir sozinha entro
no meu blog vejo um recado carinhoso
minhas forças se renova a cada dia.
Uma abençoada semana beijos na sua alma
pra sempre sua amiga,Evanir..

Pâmela Camargo disse...

Parabéns, eu adorei aqui,novembro é o meu mês e não quero que ele seja tao amargo assim ^^

Bjo :*

sombraeblushmakeup.blogspot.com.br

Fruto do Espírito disse...

Olá Profeta, vim para agradecer a visita e dizer que és muito seletivo, pois tantos amados te seguem e não vejo retribuição de sua parte, onde está a alma generosa do profeta que postam palavras profundas, contagiantes e doces.
Espero vê-lo em breve seguindo nossos humildes cantinhos, falo em nome dos milhares de seguidores...

***Lucy**

Maria Rodrigues disse...

Nostálgico, profundo e lindo.
Beijinhos
Maria

Rosangela disse...

Olá, adorei encontrar parte dessa poesia tão linda lá no meu cantinho, ainda no inicio de uma semana.

Gostei muito desse cantinho tanto que já marquei presença fixa...venha me visitar sempre que puder será um prazer recebe-lo.

Obrigada.
abraços *.*

Artes e escritas disse...

O prêmio Dardos está à sua espera no blog artes e escritas. Um abraço, Yayá.

Vivian disse...

...muitos beijos neste
coração de poesia!

muahhhhhhhhhhhhhhhhhh

Sônia Amorim disse...

Muito profundo seu poema, me fez sentir que entre mim e o amor acontece a mesma coisa, lindo poema, beijos e bom dia

Marcela Melo disse...

Ei,
obrigada pela visita em meu blog... vc deixou um poema lindo lá. gostei muito...

também gosto de ler o que vc escreve, sempre tao profundo, tao cativante.
Parabéns por seu trabalho, é simplesmente irradiante.

margarida ♥ disse...

Que poema bonito :)
Obrigada pelas palavras deixadas no meu blogue :)

Sweet disse...

Maravilhosa poesia, que toca a alma!
Abraço

Lu Rosário disse...

Bastante intenso..

Arione Torres disse...

Oi amigo, vim lhe desejar uma semana maravilhosa, abraços.

Lilazdavioleta disse...

Venho retribuir a visita e o beijo .
A imagem é muito bonita .

Maria

Lilazdavioleta disse...

Venho retribuir a visita e o beijo .

Maria

Sissym disse...

Querido Profeta,

Novembro tem algo misterioso, li hoje alguns versos falando a respeito, lembrando inclusive que já é véspera do ultimo mes do ano!

Bjs

Sónia disse...

Obrigada pelas palavras :)

Daniela Oliveira disse...

Inspirador :)
Obrigada e igualmente.

http://danikaitow.blogspot.com

Priscila Ferreira disse...

Uau!! ótimo dia! beijos

Emília Pinto e Hermínia Lopes disse...

Um poema onde se nota um profundo desalento...um grito que se assemelha aos de todos nós; alguns obrigados a partir...outros teimando ficar, mas a esperança está a morrer em cada um de nossos corações. Mas...como diz Oswaldo Montenegro numa canção ( começar de nov ) ..não podemos ficar de fora da festa...temos de dançar...cantar e gritar bem alto " QUERO SER FELIZ AGORA" É isso amigo, temos que tentar esquecer um pouco os tempos em que vivemos e lutar pela nossa felicidade. Parabéns, pois está muito bom, como sempre. Até breve e fica bem!
Emília

ELIMARX disse...

Amei como sempre!
Obrigada por deixar meu dia mais bonito!
beijos

Marisa Giglio disse...

Lindo , muito lindo , Profeta .
Agradeço sua visita ao meu blog .
Beijos

Mary disse...

Oi Profeta!

Agradecendo sua visita!

Bjo, ótima noite e quarta feira de paz.

Elizangela disse...

Que lindooo!
Parabéns!!!
beijos e uma feliz quarta feira!

Vampira Dea disse...

Fico me perguntando pq amar dói?
Lindas palavras, bem verdadeiras

Ana de Oliveira disse...

obrigado pelo lindissimo poema que deixou no meu blog, sigo*

Cáti disse...

Agradeço o comentário :D

Beijos ^^

Filha do Rei disse...

Oi. Quantos sentimentos que transformou a cada verso este texto num lindo jardim de palavras.
Tenha uma abençoada semana.Abraços.

Anca disse...

Great blog <3

101FashionStreet.com

Silenciosamente ouvindo... disse...

Gostei muito desta poesia.
Um bj.
Irene Alves

Silenciosamente ouvindo... disse...

Precisava de lhe fazer uma
pergunta, poderia me dar
o seu email por favor?
O meu é iriste@portugalmail.pt
Bj.
irene alves

manuela barroso disse...

"É de pobreza o pão que alimenta o meu sentir"... e talvez seja esse pão que alimenta tão linda alma de poeta!
Beijo.

Maria Eduardo disse...

A alegria muda com os tempos mas é bom que saibamos dar vida ao que resta para que os nossos sonhos se concretizem. Um poema muito profundo, envolto em nostalgia mas muito bonito.
Gosto muito de passar por aqui.
Um abraço amigo

Cae Fernandes disse...

Amei você ter adoçado meu novembro tão difícil...
Obrigada
Boa noite e bjooos.

Patrícia disse...

Sensacional, combinou muito seu texto com a imagem, profeta
Abraços

Nobre Sandra disse...

Poema lindíssimo! Da dor normalmente nasceu as mais belas palavras.

http://nobresonho.blogspot.pt/

Crista disse...

Perdoe-me,por favor,por não ter aparecido antes,mas haviam derrubado meu blog e agora tenho um monte de coisas para por em dia...mas feliz demais por ter tu e todos os outros blogueiros e amigos de volta para o meu aconchego!
Beijão.....

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Poeta

Um poema nostálgico e belo como sempre.

Um beijinho
Sonhadora

LauraAlberto disse...

adorei este teu poema, ainda bem que o deixaste ficar lá

obrigada

beijinho

**Lih** disse...

Olá,

Vim retribuir a visita!

Beijos!

Lucimar da Silva Moreira disse...

Novembro tem os seus encantos, poema muito lindo mexe com a gente, Poeta lá no blog tem post novo se você quiser dá uma passadinha lá é só clicar no link abaixo, fique com Deus e beijos no seu coração. http://www.lucimarestreladamanha.blogspot.com.br/2012/11/plasticos-o-poluidor-dos-mares.html

Natália Campos disse...

Gostei da forma com que escreves. Muito bom!

Bjs.

Ana. disse...

http://followyourdreamsalways00.blogspot.pt/2012/11/desafio-paricipem.html participa ^:p

Agulheta disse...

Sem dúvida que Novembro nos trás a triste dor do pão e toda uma nostalgia de esperança,que amordaça um pouco o coração dos poetas.
Beijinho e bfs

Francisca Cochofel disse...

que lindooo!

Celina disse...

Oi querido poeta, passei para agradecer a tua gentil visita acompanhada de linda poesia, muito obrigada mesmo, é tão dificil esta gentileza é mesmo que ter recebido flores. Um abraço fraterno Celina

Kelly Andrade disse...

Quanta complexidade, quantas lembranças, quanta melancolia.

Uma vez perguntei pra minha mãe que também é poetisa, por que é tão fácil extrair versos, traduzir os sentimentos quando estamos tristes?
Não me lembro se compus algo quando estava alegre, mas com certeza nos momentos de tristeza e confusão me tornei uma poetisa de mão cheia.

Até.