segunda-feira, 9 de junho de 2014

SEMENTES DO OLHAR



Não direi o teu nome a ninguém, ainda
Só poderei responder ao eco do meu próprio nome
Como Garça, soubeste ouvir o sonho
De túnica de anjo amarás este ser bisonho

Há céus escondidos sob as tuas vidradas pálpebras
As alegrias das memórias do que ainda somos
Na fonte do imaginável e irreal te encontrei
Cruzarei a terra, plantarei florestas para dizer que te amei...

Amo...
De mil soldados não sairá um poeta
Já aprisionei esta guerra de loucuras
Já plantei todas as palavras puras

A minha paixão por ti é uma recusa à fatalidade
Nas folhas caídas ainda mora o verde da fascinação
A felicidade não nos pertence, estou certo
Mas senti-a nos teus olhos, tão perto

Por isso a tua imagem gravita nos trincos do meu pensamento
Teus cabelos soltos floridos são raios da madrugada
Amo-os, esguios, soltos, como o livre pensamento
Trago-te uma hortência fresca para eternizar um feliz momento

Já te disse: “Há um lugar entre fronteiras onde tudo faz sentido”
Há tanto a florescer de pequenos nadas
Há em ti a reinvenção do gesto das gaivotas amanhecer
Há em ti a fonte de milagrosa água onde a saudade pode beber

Às vezes é preciso acordar o silêncio
No gesto demorado de abrir janelas
Para mim, nunca serás uma menina sorridente acenar num cais vazio
No meu abraço, nunca te aprisionará no tempo o frio

Travadas as portas abrem-se devagar
Levei seis felizes dias para aqui chegar
Descobri uma terra entre dois mares
Lancei nela...Sementes do teu Olhar...

5 comentários:

brisonmattos disse...

lindo demais!Que sensível coração!Amei.

Lorena Leitte disse...

Um olhar desvela alma!
Amei!

Anónimo disse...

Every weekend i used to pay a visit this web page, for the reason that i wish
for enjoyment, for the reason that this this website conations truly pleasant funny material too.



My webpage :: exercise to lose weight

Tita Bica disse...

Gosto dos teus poemas. Nunca pares de os escrever.

Labirinto de Emoções disse...

Olá Profeta
Mais um poema lindíssimo, amor, saudade e esperança...
Gosto sempre de aqui vir e deixar-me envolver nas letras que leio.
Parabéns, nunca deixe de escrever.
Uma Semana cheia de Luz
Beijinho
Teresa