segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

DOIS ANOS DE SOLIDÃO


Descobri
Que o choro é uma certeza
Não rasga horizontes
Não acalma a mágoa entre pontes

Desmontei a misteriosofia do amor
Num tempo de vazio profundo
Amar é apenas sentir
Fazer parte das cores deste mundo

Pobre poeta
Mendigo dos seus desgostos
Pobre criatura
Insignificante perdido da gente dos mil rostos

Ilha impossível
Onde o amor é pecado
Onde a maldade toma conta da razão
Morre estúpido coração!

Nunca serei um vagabundo com um cão esquivo
Num inverno com gosto amargo do vento
Nunca serei pedra jogada no esquecimento
Esta alma subirá em glorioso momento

Sei quem és
Sei que representas a doçura do sentimento
Sei o que sentes
Sei que no sonho não mentes

Sei...
Tanto, tampouco
Sei saudades
Espero que floresçam verdades

Em Ti...
Que o eco das minhas palavras
Encha um vazio surdo
Que o amor deixe de ser mudo

Começo este ano com a alma em construção
Com as calças de menino antigo
Tenho um sonho fechado na palma da mão
Resgatar o amor do teu coração

Tenho mil sonhos para plantar
Vou recolher a palavra amarga ao coração
Vou abraçar uma ilha perdida
No meio de...DOIS ANOS DE SOLIDÃO

6 comentários:

Nany C. disse...

mais que o resgatar do amor de outro é preciso, primeiro, resgatar a nós mesmos fortalecendo o coração e o âmago enfraquecidos pelas batalhas... pelos sonhos...

e levo comigo este trecho. me cabe no momento.

"...
Sei quem és
Sei que representas a doçura do sentimento
Sei o que sentes
Sei que no sonho não mentes
..."

Beijos em teu coração, Poeta.
Feliz 2016 e muitas e ricas inspirações.

* lilium * disse...

Lindo, perfeito. adorei!!!!
Inspirador!

Anónimo disse...

Espero em Ti..., que o amor deixe de ser mudo.

luar perdido disse...

Poeta das lagoas profundas, resgatar o amor de quem amou é árdua tarefa, mas a mais bela para um coração apaixonado.
Que os 2 anos de solidão se transformem em mil anos de perfeição e comunhão....
Beijo de luar

silvia de angelis disse...

Davvero splendide, le immagini poetiche, contenute nelle tue pagine
Felice sera e un saluto,silvia

Homem, Homossexual e Pai disse...

lindo texto, lindo mesmo... a solidão sempre é uma coisas que me sensibiliza muito, nao sei ficar sozinho!