sábado, 8 de janeiro de 2011

O TEMPLO DA SOLIDÃO


Acenderam-se os luzeiros no céu
Sussurra a noite a um doído coração
Não há fios que prendam o desencanto
Não há certezas às duvidas de um coração

Nada detém a maré da paixão
És um estuário da minha certeza
No céu há uma estrela para cada um
Na terra uma alma que esconde a beleza

Bruscos sentires os meus
Hoje vacilei na ironia do tempo
Encheste os meus olhos de presentes
Hoje apenas guardo no peito um simples lamento

No silêncio total mora a razão
Ah esta sombra que me invade a alma
A tua vontade obedece ao vento
Neste mar imenso aprisiono a chama...

...Esta lava incandescente
Derramada em meu peito
Faz de mim um pateta diferente
Que nem amar o faz com jeito

Hoje mordi a terra
Senti a frescura deste eterno verde
Senti os aromas dispersos da vida
Este amor orvalhado de feliz pranto...a verdade

Fui ver o mar em chamamento
Depositei o pensamento no alucinante tombo de uma vaga
Através da ressurreição de um sorriso
A oração afugentou uma praga

Descanso na paixão, caminho nela
Quantas estações tem o coração?
Esta pedra angular que piso
Tem tatuada o mapa para a união

Sou um tecelão de sentires
Uma alma inquieta em forma de pedra
Uma folha levado pelo vento
Um insignificante flor que na areia medra

Deste-me sonhos para sonhar
Uni as ondas do mar à tua paixão
Pela terra da minha lembrança
Ergui...O Templo da Solidão...

37 comentários:

ღPat.ღ disse...

Versos de encanto! E tratando-se do Mar... fabuloso!

Um beijo querido Profeta, saudades de ler-te.

Feliz 2011.

Eugenia disse...

Seus poemas são uma delícia de ler e ouvir, eu adoro.
Um grande abraço.

Rosangela Neri disse...

Encantada.

Voltarei.

Bjks da Rô

Nanda Assis disse...

muito bom!!!

bjosss...

Valquíria Oliveira Calado disse...

Amigo profeta, proferiste o amor em lindos versos, com sonalidade espontânea e emocionante, lindo!!, deixo meu abraço de ano novo com desejos que as ondas deste mar junte amor e realização.

Valquíria Oliveira Calado disse...

Amigo profeta, proferiste o amor em lindos versos, com sonalidade espontânea e emocionante, lindo!!, deixo meu abraço de ano novo com desejos que as ondas deste mar junte amor e realização.

Ingrid disse...

E assim seguims com teus bbelos versos para um domingo de sol..
beijos querido..

HELENA AFONSO disse...

O AMOR, A PAIXÃO, A SOLIDÃO.........
BELO QUANDO O SABEM CANTAR.......
SABEM A DOR,
CHEIRAM A FLOR,
É SÓ AR
MAS ENCHE O CORAÇÃO.......
- Obrigada, por ter enchido o meu com o seu belo poema!
HELENA

Let's disse...

....sem palavras mto bom mesmo..boa semana

S L Sousa Mendes disse...

Tu, "tecelão de sentires", urdiste magnífica e esplendorosa teia! Simbiose entre terra e mar!...
No azul marinho voguei,mordiscando o verde da vegetação!...
Que belo sentir... Mar,que,fazendo parte de mim, se torna fonte vital para a minha alma... Terra verde, com a qual sacio os meus olhos irrequietos...
Ah, como me atrai "O Templo da Solidão"... com tão belos ingredientes...
Senti falta da tua poesia, Profeta!
Beijinho
S L

Tila Waltz disse...

Venho aqui e alimento m'alma, é gostoso ler-te. Sempre levo um algo pra mim. Abraços amigo Profeta!

Maria Dias disse...

"Encheste meus olhos de presentes"
...Podemos oferecer um presente mas o outro não é obrigado a aceitar.
As vezes nosso coração nos tece armadilhas...

Saudade daqui...

Beijos

Maria

gaivota disse...

nada detém essa maré, de paixão...
e presentes sem fim nas tuas palavras sempre maravilhosas de ler e de ouvir! já que tive o previlégio de te ouvir num dos teus textos lindos!
beijinhos, armando, e a toda a família

Elizabeth F. de Oliveira disse...

'Ergui...o templo da solidão....'
simplesmente lindo!!!
Um Feliz Ano Novo, profeta poeta!


beijo no coração

Aquarela disse...

Sim! Um tecelão de sentires,
Um flor que não sabe mais por onde medrar
Tal a imensidão dessa lava encandescente
Que desce do silencio total
Por um peito que respira no tempo
Um poema, em solidão,
De um amor Intemporal.

Obrigada pela partilha!

orvalho do ceu disse...

OI, Profeta
Passo,com calma,pra desejar-lhe um Novo Ano cheio de paz e prosperidade em todos os sentidos...
Cheguei anteontem de viagem...
As minhas férias foram deliciosas... Junto à família tudo é bom demais!!!
Vivamos intensamente o amor em 2011!!!
Abraços fraternos com gostinho de início de ano

Shirley disse...

Gostei dos seus poemas. Parabéns!Abraços!

♥ Kaah ♥ disse...

Nossa que lindo! Feliz 2011! Beijokas fica com Deus e se cuida! ^^

SILVIA disse...

Pura ternura, puro sentimiento... ¡Sensacional!
Un saludo!!!

TITA disse...

Profeta,hoje mordi o poema e respirei ares mais puros.Belíssimo,como sempre.Um abraço.

Ledium Franciscus disse...

amei teu texto.
profeta do sonho.
bom ano novo.

Menina Marota disse...

‎"...
Sou um tecelão de sentires
Uma alma inquieta em forma de pedra
Uma folha levado pelo vento
Um insignificante flor que na areia medra
..."


Deixo um abraço e que 2011 te dê tudo o que desejas, acima de tudo FELICIDADE!

Palavras Soltas disse...

Ola Profeta antes de mais espero que estejas bem. Esta minha longa ausencia teve um motivo maravilhoso que me enche de alegria ternura amor todos os dias da minha vida. Mas vou voltar :) prometo..
Ja vi que continuas com a tua encantadora escrita que nos prende ate a ultima palavra e que nos transporta para la do imaginario..
beijinho e continuacao de boa escrita

Jelicopedres disse...

Venho desejar-lhe um FELIZ 2011!

Que a inspiração continue "alimentando" a sua poesia...!

Namastê^_^)

Claudinha ੴ disse...

o coração tem todas as estações que forem mostradas pelas folhas levadas ao vento, ao sabor de tua poesia! Lindo! Feliz 2011!

Chellot disse...

Neste Templo da Solidão senti aromas que me fizeram levitar, naveguei pelos mares da paixão e tombei meu pobre coração perdido entre inúmeras estações.
Lindo poema. Beijos doces.

Insana disse...

O tempo sabe deixar suas marcas, em nosso caminho.

bjs
Insana

gisela disse...

sinceramente? gosto muito da sua poesia, mas este poema foi o que mais gostei ate hoje! lindissimo! adorei. bj

Sandrinha disse...

...Esta lava incandescente
Derramada em meu peito
Faz de mim um pateta diferente
Que nem amar o faz com jeito

Jamais!!!

Benó disse...

Hoje foi dia de visitar os amigos.
Deixo um abraço e espero que não tenhas só os olhos cheios de presentes mas também as mãos e o coração incandescente para espalhares amor por todos os Templos que visitares.
Felicidades em todos os dias.

Nice SpOt disse...

olá.. passei para te deixar um abraço.. bjo.

Haylla disse...

Oiê..
Bem?
Nháá,tão lindo aqui'
Xeriinho florzinha e fica com Deus.
^^

Balovega disse...

Buenas noches..

Gracias por compartir tan bello poema.

Un besito de lindos sueños

Aquarela disse...

SINTO FALTA DE VIR AO TEU BLOG! ESTA MUSICA E ESTES POEMAS FAZEM-ME BEM!FAZEM-ME FALTA!

BJS

Ser em construção disse...

"(...) quanto mais experiência de solidão alguém tem, mais paradoxalmente se vive a sensação de que essa experiência não é precisamente de ostracismo ou de isolamento, senão de proximidade com os demais."

Ronaldo Bressane

Ministério da saúde disse...

Olá Blogueiro,

Evitar a proliferação da dengue depende de cada um de nós. Além de cuidar da sua casa, falar com seus vizinhos, manter contato com sua prefeitura sobre focos da doença, você pode utilizar esse espaço para conscientização.

Seja parceiro do Ministério da Saúde na mobilização contra o mosquito da Dengue. Divulgue em seu blog nosso material. Entre em contato com comunicacao@saude.gov.br e solicite o selo, participe da campanha.

Saiba mais: http://bit.ly/bMMVKT

asintimidadesdacuriosa disse...

gostei demais de teus escritos ....
belíssimo poema este ...
um abraço ...