quarta-feira, 20 de julho de 2011

ESTRELA SEM CÉU


Uma lança percorre o espaço
Leva a dor ao coração
Sangram as buganvílias de Maio
Bate num peito a fé de uma nua mão

Calcei luvas, branca e negra
Afastei os braços ao abraço
Encontrei um pássaro feliz
As uvas são amargas no Mês de Março

Anos, dias, vidas que se perdem da vida
Voltaram com o Sol as Andorinhas do Mar
Quantas vagas correram adiante
Quantas perdidas penas entre o partir e chegar

E as pedras da ilha…
As pedras da ilha não têm idade
Não tem limite o amor quando é amor
Não tem medida a extensão da saudade

Na ilha a saudade é um navio
É vapor da madrugada com a bruma
É gaivota voando no canal
É alma despojada de coisa alguma

Na ilha o céu chora no cair da noite
Derrama na terra um pouco do seu azul
Explodem as hortênsias no verde
No embalo de uma brisa do sul

Chorei na dor os sonhos perdidos
Reguei o barro frio e duro que percorri
Gritei um grito mudo preso ao peito
Aprisionei o fantasma do meu sentir

Rasguei os trincos da memória
Em eterno conflito cobri a minha alma com um negro véu
Fechei os olhos ao meu olhar
E senti ser…Uma Estrela Sem Céu…

47 comentários:

Fã da vida disse...

Acho que és uma estrela que se destaca no céu meu caro poeta.


gostei demais do verso: "Chorei na dor os sonhos perdidos"

abçs

Angel disse...

"Não tem, limite o amor quando é amor
Não tem medida a extensão da saudade"

...é tão verdadeiro e não podia ser mais perfeito é sempre um gosto ler-te..beijinhos

S L Sousa Mendes disse...

Quanta amargura....quanto desanimo... quanta dor...
Profeta _____ trocas o azul e verde pelo branco e negro!... Ainda reforças cobrindo tua alma de negro véu!...
A natureza sangra e derrama fel...
O céu chorando lá consegue derramar um pouco de azul e só as hortênsias trazem o verde...
No entanto.. Fazem-no em vão,pois não conseguem impedir que o Profeta confesse:
"Chorei na dor os sonhos perdidos
Reguei o barro frio e duro que percorri
Gritei um grito mudo preso ao peito
Aprisionei, o fantasma do meu sentir

Rasguei os trincos da memória
Em eterno conflito cobri a minha alma com um negro véu
Fechei os olhos ao meu olhar
E senti ser…Uma Estrela Sem Céu…"

Este Profeta/Poeta sofre e, masoquistamente, cultiva a dor e nega-se a reagir!!!...

Que aconteceu ao Profeta de "O PALHAÇO", que anunciava jocosamente
"Olá mininos e mininas, pais...
Senhoras e Sinhores vai começar a função
Este é o palhaço poeta
Que faz tudo o que não quer o coração"
???????????? Onde está ????

OutrosEncantos disse...

Olá, prisioneiro da Lua!
Filho do Sol!
Empresta a tua mão para nela poisar uma lágrima minha, guarda-a bem, estrela do Céu!

terno beijo meu, Profeta :))

ღPat. Rochaღ disse...

O céu está lá nas imagens que tirei hoje deste universo...

Um beijo querido poeta. Obrigada por seu carinho...

Maria disse...

Simplesmente maravilhoso! Sendo hoje o dia internacional da Amizade e do Amigo, passei especialmente para deixar um abraço bem apertadinho e um grande beijinho.
“A glória da amizade não é a mão estendida, nem o sorriso carinhoso, nem mesmo a delícia da companhia. É a inspiração espiritual que vem quando você descobre que alguém acredita e confia em você.” (Ralph Waldo Emerson)
Maria

Sonhadora disse...

Poeta

Passando para deixar o meu carinho e agradecer a amizade de sempre neste dia do amigo.
Tenho um miminho no lado direito do meu blogue.

Beijinhos
Sonhadora

SAM disse...

Querido Poeta,

"Não tem, limite o amor quando é amor
Não tem medida a extensão da saudade"

É uma verdade...Belíssimo poema.


Beijos com carinho e amizade

claudete disse...

Mesmo sem Céu concebido a estrela não estará sozinha ela é o seu próprio Céu. Abraços.

Lídia Borges disse...

Da luta que o poeta trava em busca de um sentido para todos os seus sentires.

Muito bonito!

Um beijo

Aquarela disse...

entre o partir e o chegar... o ir e o ficar... a alegria e a dor...existem braços, tantos... e tão poucos... para os abraços...que tardam sempre em chegar!

Obrigada pela partilha,
profeta do mar...
de uma ilha sem tempo...

RosanAzul disse...

Teus poemas dispensam comentários... simplismente lindo...
beijos, Rosana

Maresia disse...

Há um céu onde brilhas...
beijo

Ni disse...

Quanto tempo! Há muito não venho aqui ter ler - que é sempre muito bom, diga-se de passagem.

Faça um novo céu pra estrela, Profeta.

Um céu grandioso pode vir de uma vontade bonita de recomeçar.

Beijos

Sopro Vida Sem Margens disse...

...levitei nessa inspiração bela...pois!

Um beijinho
da
Assiria

Fragmentos Intemporais disse...

Lindo... como sempre!

Secreta disse...

Uma Estrela sem Céu... mas com um brilho inconfundivel!

Maria Dias disse...

Uma estrela sem céu...

Sabe, as vezes do meu céu nao vejo estrelas, mas basta o dia nascer novamente para eu ter a certeza q estou no lugar certo.

Beijo

Maresia disse...

Epigrama
Pelo arco-íris tenho andado.
Mas de longe, e sem vertigens.
E assim pude abraçar nuvens,
para amá-las e perdê-las.

Foi meu professor um pássaro,
dono do arco-íris e nuvens,
que dizia adeus com as asas,
em direcção às estrelas.
Cecília Meireles

Laura disse...

Olááá Poeta, quanto tempo passou e nos perdemos por aí? não importa, fiquei feliz de te encontrar.

Um abraço da laura

Juliana. disse...

Estrela sem céu
é como os sonhos perdidos
que maravilhoso!
Um abraço Poeta e Profeta!
Juliana

gaivota disse...

que lindo poema, armando!
espero que te vás recompondo e tudo já esteja a correr bem!
beijinhos

Ana Si disse...

continuas perfeito!

Reflexo d'Alma disse...

Gosto daqui,
como gosto de
sentar diante do Mar...
assim ficar entre
sonhos e delírios

。♥ Smareis ♥。 disse...

E as pedras da ilha…
As pedras da ilha não têm idade
Não tem limite o amor quando é amor
Não tem medida a extensão da saudade...

O amor quando é amor não tem limite... A saudade pra mim sempre é como um navio que luta contra as ventania do mar mas que sempre consegue supera-lo. Adorei conhecer seu blog e estarei te seguindo e convido a conhecer meu blog e se possível me seguir também.Um abraço!

Evanir disse...

Que a semana comece com o azul do firmamento,
O verde da esperança .
Que paz e o amor esteja presente em sua vida.
Não posso digitar tudo que sinto,
mais posso te afirmar que
minha amizade será para a eternidade.
Beijos no coração com infinito carinho e ternura,Evanir.

Simone MartinS2 disse...

Boa noite pela visita, amei tua poesia no meu comentario, posso pega-la para por em meu blog. com os devidos creditos? Gostei daqui, um blog., punk como eu gosto, apesar de ultimamente estar mais a escrever de modo suave, mas visita meu blog., punk e me de umas dicas ok? Agradeço desde ja, abraços e ja estou te seguindo.

Paula Moraes disse...

oi, é preciso mesmo romper com os laços da memória para poder viver uma nova estória. Adorei a sua visita, seu poema é lindo...=)
Volte sempre.
Bjs

Vivian disse...

...Profeta querido,

alegra-me infinitamente
suas visitas em meu canto.

bjs, alma linda!

Ana Luiza Cabral disse...

E é sentir na extensão muito livre e só. Seria bom encerrar os olhos sempre com magia e alegria.

Bonito poema. Seu blog de fato é incrível. Sensibilidade e uma ótima escrita. Quero agradecer muito feliz pela visita lá no blog. E dizer que eu gostei muito daqui, e voltarei sempre que puder. Beijo no coração, Ana.

Pedrasnuas disse...

És uma grande estrela fulgurante e destacas-te nesse imenso céu...

Beijo perfumado

OceanoAzul.Sonhos disse...

E por aqui me perdi... e ao ler, deixei-me ir e senti uma estrela sem céu, quem sabe perdida na ilha, que vê passar umo navio.

Um abraço, lindo poema
oa.s

OceanoAzul.Sonhos disse...

E por aqui me perdi... e ao ler, deixei-me ir e senti uma estrela sem céu, quem sabe perdida na ilha, que vê passar umo navio.

Um abraço, lindo poema
oa.s

Sopro Vida Sem Margens disse...

Hoje passei só para lhe dizer que AMO o que escreve.

Um Beijinho
da
Assiria

Aquarela disse...

Deixai-me, vos rogo,
Sonhar sem sonhos!
Deixai-me esquecer
De esquecer de mim;
Façam silencio…
Quero só adormecer…
Nesta noite escura
Que hoje não tem fim!

Tatiana Moreira disse...

Oi Poeta...
Eu estava com saudades de estar com vocês da blogosfera!
Retornei das férias e espero que possamos estar todos juntos novamente.
Seu poema é forte e belo! Pena que a tristeza marque o ritmo dos versos!
Um beijo carinhoso

Filipa Sousa disse...

Lindo....muito bonito mesmo. Já tinha saudades de visitar este teu espaço.

Espero que esteja tudo bem ct.

Bjs

Lu disse...

Profeta Poeta,
que semeia belezas verbais,
linguísticas,
simétricas.
Distribui carinho
aos quatro ventos,
sem limites,
com verdade...
Felicidade pra vc!!!
Beijo!

† A Dangerous Mind ┼ disse...

Não direi nada para não tirar- lhe o encanto deste poema.

Obrigado pelo carinho;*

bjos!

Patrícia Pinna disse...

Boa noite, Profeta! Passeei pelo seu blog com muita atenção, li seus poemas e gostei muito.
Escreve de uma forma com versos bem diferentes, interessantes e nus!
Estou te seguindo com muito prazer!
Voltarei para ler mais e fazer comentários sinceros, pois na minha opinião, só vale se for assim!
Excelente fim de semana, e fique com Deus!

Shuzy disse...

Também eu sinto às vezes falta de um céu onde possa brilhar, ou, simplesmente piscar quieta a realizar pedidos.

SєиhσяiTα Fαbby* disse...

lindas palavras!
*-*
beijokas

Crista disse...

Buenasss...
Sou eu!!!!!
Não acredito que tu dissestes que sou a CristaCristalCristalina,a famosa Olhos Azuis!!!!!
Devias fazer de conta que não te lembravas de mim...
Assim eu iria fazer charminho,desfilar minha belezura,piscar para ti,sorrir e até CANTAR com essa maravilhosa voz de MORMAÇO que DEUS me deu!!!!
Mas tudo bem...o que importa mesmo é que te gosto do jeitinho que tu és!
Tu não vais acreditar se eu te disser que virei um picolé...de tão frio que está por aqui...mas é a pura verdade!
Até me derreti ao ler tua postagem...gostei demais,viu???
Por isso que estás sentindo esse gostinho de doçura...
Não te beijo,porque senão te meléco...ééékkkaaaaaaa...

Helô Müller disse...

Sempre inspirado, este Poeta Profeta!
Mais uma belíssima poesia...
Gosto de te ler!
Gosto quando me visitas e me brinda com uma poesia...
Um belo final de semana pra ti!
Bj
Helô

Lyra disse...

"Cada novo amigo que ganhamos no decorrer da vida aperfeiçoa-nos e enriquece-nos, não tanto pelo que nos dá, mas pelo que nos revela de nós mesmos. Enquanto o amor passa, a amizade volta, mesmo depois de ter adormecido um certo tempo."

Já tinha saudades.
Beijinhos e até breve!

Lyra ;)

Maria disse...

Amigo passei para desejar um bom fim de semana.
Beijinhos
Maria

margoh werneck disse...

[...]

É alma despojada de coisa alguma.


(isso as vezes doi, mas tb cura...)

beijao