domingo, 20 de novembro de 2011

AMOR LUXÚRIA E FINGIMENTO


Um pano de alva cor
Que a bordadeira pontilha a crivo
Linho que um tear uniu fio a fio
Em desenho de um azul vivo

O cantarolar da chuva
Marca o ritmo do pensamento
Um vento que varre os presentes de Outono
Um Sol que aquece o Inverno por um momento

Um vaidoso que se despoja da roupa
Fauno que se mira e gosta
-Vejam suas putas o que perdem!?
Sou inteiro, isto é só uma amostra

Um relâmpago ribomba no ar
Solenemente solta seu raio
Uma flor breve abana, entristece
Um homem é boneco de palha no mês de Maio

Uma cama amarrotada pela passagem do amor
Lençóis que aprisionam o calor
Suspiros espalhados pelo chão
Uma imagem santificada sustenta o louvor

Uma pecadora ungida pela chuva
A sorte e a morte em bravata eterna
As ave marias que uma boca vomita
Para no céu ser, clemente a sua pena

Já não há xailes negros na ilha
Já ninguém liga a agoiros
O mar continua açoitar a costa
Deixando despojos, tesouros

Encontrei um búzio e senti o ouvir
Tudo é deixado no reino do esquecimento
O sentimento é sal, sangue do mar
Hás vezes…Amor, Luxúria e Fingimento…

40 comentários:

Alê disse...

"Encontrei um búzio e senti o ouvir
Tudo é deixado no reino do esquecimento
O sentimento é sal, sangue do mar
Hás vezes…Amor, Luxúria e Fingimento…"


Creio que o que vai na boca, e no coração das 'Marias' jamais será fingimento, ou será esquecido...


Lindo poema,


Um beijo!

Mery disse...

Oi, adorei o texto que vc deixou no blog!!! Já seguindo por aqui!!
www.coqueluxos.com

Ana Maria disse...

Bom rever seus versos bjs

Célia disse...

A autenticidade descrita em seu poema estremece qualquer ser envolvido no projeto: AMOR! Belo!!
Destaco:
"Um vaidoso que se despoja da roupa
Fauno que se mira e gosta
-Vejam suas putas o que perdem!?
Sou inteiro, isto é só uma amostra"
Ser inteiro no amor é maravilhoso!
Abraço, Célia.

viajantes disse...

gostei muito de passar por aqui.
obrigada.

*Simone Poesias* disse...

Olá amigo, bem forte o seu poema.
O amor, infelizmente tem essas faces também.
Parabéns!!
Bjinhoss XD

Tété disse...

Muitas vezes o sentimento e a necessidade de uns é apenas a luxúria de outros.
Abraços

Sonhadora disse...

Meu querido Poeta

Como sempre nos teus poemas há o sal das lágrimas...um beijo de mar.

Deixo um beijinho com carinho
Sonhadora

Ingrid disse...

são águas,sons e sabores profeta..
puro êxtase..
beijos perfumados..

Lua Negra disse...

Agradecida mais uma vez pelos presentes das palavras belas.
Bom domingo.
Abraços de luz.
Lua.

Labirinto de Emoções disse...

Há quem faça do amor sentimento descartavel...triste ilusão, só quem ama por inteiro sabe o significado da palavra Amor!

Obrigada pela visita, bom domingo tambem para si.

Um beijo

Simone MartinS2 disse...

Nossa!Prefiro nao comentar, muito forte, mas sedutora tua poesia...AFF!Abraços

ELIANA-Coisas Boas da Vida disse...

lindos versos o amor que se compra sempre é cheio de fingimentos muito diferente do amor que se conquista!
beijo

Angel disse...

Amor por vezes também é dor... e somo sempre um gosto ler-te...beijinhos Poeta...

MARILENE disse...

Seus versos são sempre lindos, intensos, cheios de sentimento. Quando deixa uma parte deles nos comentários, venho logo ver sua postagem, sabendo que vou me encantar.

Bjs.

Pedrasnuas disse...

UM poema rico e forte!!! Beijo doce

Vera Lúcia disse...

Olá,
Intenso! Maravilhoso!
Beijo.

She disse...

Muito bonito!
Beijo, beijo e excelente semana!
She

OZNA-OZNA disse...

¡¡¡ bellos versos nos regalas dulce poeta ¡¡¡ gracias mil por acariciar nuestra alma con ellos, besinos y feliz inicio de semana.

Sopro Vida Sem Margens disse...

..sentido é o sal. O sal que o vento dissipa a flor bela que murcha na dor ensopada [agora ] no tinteiro, inteiro, sol-emente brisa, sol-emente tinta..sol-mente mão-cheia deste poema…

Belo Profeta!

Um beijo
da
Assiria

Essência e Palavras disse...

Belíssimo pano de fundo descrito... Adorei!

beijo e boa semana!

Ana Arend disse...

Poeta, lindo poema, como sempre cheios de inspiração...e sentimentos...Bjos

BIA disse...

Adorei!
Bjss

Anne Lieri disse...

Profeta,belos e intensos versos de amor!Sempre um talento e uma inspiração maravilhosa!bjs e boa semana!

Zil disse...

lindo demais Poeta PROFETA...

amo ler seus versos...misto de inocência e sensualidade...

deixo um grande e doce beijo...


Zil

SoBijoux disse...

Muito obrigada, pelo seu comentário.
Eu senti em mim, que esse sentir o mar, a terra, as gentes, só poderia ser de um ilheu (como eu)...
Como sempre encanta-me ler os seus poemas.
Bj

Eliane Accioly disse...

Adorei sua passagem e parada no blog, ficaram pegadas na areia, o mar rugiu te saudando. O poema intenso e forte está lá, e é um continente.

Abraços

gaivota disse...

a ilha sem os seus xailes negros...
lindo poema, profeta, muito profundo!
beijinhos

Desnuda disse...

Querido amigo Profeta,

É sempre um mergulho na sensibilidade ler seus poemas. Belíssimo e comovente poema.


Beijos com carinho e excelente semana

Giovanna disse...

Obrigada por lindas palavras deixadas por ti.

bjos

gi

kelen disse...

OLÁ TUDO BEM ?? OBRIGADA PELA VISITINHA ; LINDA SEMANA PRA VC .

Ana Luísa disse...

Muito bonito e bem escrito.
Obrigada pela visita em meu blog, volte sempre!
Estou seguindo!

Elaine Bandeira disse...

que lindo o texto que postou no meu blog!
adorei!

bjos

http://floresmaquiadas.blogspot.com/

Aquarela disse...

Forte este poema!Muito forte!

abraço

faby disse...

Quero agradecer sua visita e suas lindas palavras deixada la no blog.
Muito obg de coração
bjos

ana costa disse...

Sou de certeza só mais uma a dizê-lo, mas de qualquer maneira quero registá-lo por palavras:
A sua poesia é de cortar a respiração!
Este é sem dúvida um dos seus grandes poemas! amei
Beijo

Roberta Maia disse...

Magia pura seu Blog...poema que embriaga!!
Obrigada poeta, por mostrar o caminho das ondas...

Beijinhos Iluminados!!
Paz e Luz!!

ellen disse...

PROFETA,

Existe tanto por aí esse: " Às vezes… Amor, Luxúria e Fingimento…"

adorei o seu poema.

Beijinho

Fragmentos Intemporais disse...

Sempre palavras tão sábias para (muitas vezes) descrevem algo tão simples... ou não!

BlueShell disse...

Que a chuve possa "lavar" as iniquidades das pecadoras...e os trovões não mais assustem...e que os xailes negros continuem deaparecidos....

Ando atrasada nas visitas....tardo mas chego, assim mesmo.
Te abraço, com admiração.
BSehll