sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

PINTOR


Pintor nascido na ilha
Pintas Anjos negros e céus de rubra cor
Os olhos que choram não mentem
Um coração sincero transborda a dor

Hoje o céu menstruou ao findar do dia
O sul sossegou em calmaria
Há tanto que não te ouvia
Neste chegar adormeci e sonhei que partia

Um cavalete na espera de alva tela
Uma paleta com as cores do rubor
Um corpo nu, presente de uma deusa
Que faz do sortilégio um momento de amor

Negros intensos, terras aprisionadas num tubo
Olhos que reflectem um dom
Já me disseram que tinha um, talvez mais um
Não sei se é mau ter algo assim, ou bom

Tenho na alma um cofre de palavras
Tenho uma palavra que nunca direi a ninguém
Tenho uma janela entre dois mundos
Tenho um sonho em que nunca vejo o rosto de alguém

Conheço a assobiadora força do vento
Um caminho secreto onde não há marca de passos
O ribombar da vaga na pedra submissa
Um mágico que transforma um sorriso em dois palhaços

Conheço amargura, tem a cor da terra pura
A tristeza com pinceladas de incerteza
Um arco-íris feito de sol e chuva de uma perdida nuvem
Uma tela só com desenho ao calha, mal talhado em beleza

Rasguei esta tela onde pintei sete vidas
Sete corações a latejar em manto de cetim azul
Sete orações que aprendi numa igreja de negra pedra
Sete casas, uma delas, virada a sul

E derramei todas as cores no Mar
A espuma prendeu apenas uma cor
As outras foram engolidas pelo azul
Amordaçou as mãos e o querer, este…Pintor…

18 comentários:

luna disse...

Un saludo y un abrazo con mucho cariño..feliz fin de semana..

Patrícia Pinna disse...

Bom dia, Poeta.Um poema tão bonito, repleto de significados perfeitos, e metáforas lindas.
Um beijo na alma, e fique na paz!

lua prateada disse...

Quando se tem na alma um cofre de palavras...que mais é preciso para nosso "eu " se sentir pleno...
Feliz fim de semana..
BJ
SOL

Célia disse...

Ao "Pintor- Poeta"... todas as glórias de um arco-íris celestial com suas cores flamejantes!
Abraço da Célia.

Luz da Lua disse...

Boa noite Profeta !

Mais um lindo Poema para me deliciar com a leitura.Retornei, após uma ausencia longa, mas é sempre bom retornar e deparar-se com tanta poesia. Parabéns Poeta e Pintor ! Um beijo.

Elzinha disse...

Lindo poema de sentimentos e cores!!!
É sempre muito bom vir aqui. Parabéns pelo talento.
Beijos

Jossara Bes disse...

Olá Profeta!

Lindo poema!
Beijos!

Aquarela disse...

"Tenho na alma um cofre de palavras
Tenho uma palavra que nunca direi a ninguém
Tenho uma janela entre dois mundos
Tenho um sonho em que nunca vejo o rosto de alguém"

Tens tudo Poeta, para pintares a vida com as mais belas cores!

Bjs.

Sandra Fernandes disse...

Maravilhoso como sempre!

Sonho & Sedução disse...

Lindíssimo...
Palavras que tocam a alma...

Labirinto de Emoções disse...

A simbiose perfeita entre as palavras e a tela do pintor, ditadas por um coração...

Gostei de o ler, como é habito.:-)

Beijito

_E se eu fosse puta...Tu lias?_ disse...

Sarava!

Pintor, escritor, escultor, amante...
vivam os artistas!

:)

Serenidade disse...

Que a paleta colorida que te caracteriza transborde todas as cores neste mundo e no outro... Em ambos precisam do pintor...que tão pinta o lado esquerdo.

Serenos sorrisos

pimentinhabm disse...

nossa me rendi a imagem, hipinotizante

ana costa disse...

Olá meu amigo, hoje sem tempo para comentar a sua maravilhosa poesia, mas sem querer ir de fim de semana sem deixar um beijo!

gota de vidro disse...

Belo...................Muito belo


Adoro esta tela como já o havia dito.

Bom fim der semana

beijo da Gota

oteudoceolhar disse...

As cores do mundo aqui num olhar...eu deixei-me ficar pelo azul do Mar.
"Tenho na alma um cofre de palavras
Tenho uma palavra que nunca direi a ninguém..."
Também eu guardo palavras outrora ditas e hoje "descrente" de as querer voltar a dizer...talvez por isso o filme "As palavras que nunca te direi", me diga tanto...talvez!

Celina Vasques disse...

"E derramei todas as cores no Mar
A espuma prendeu apenas uma cor
As outras foram engolidas pelo azul
Amordaçou as mãos e o querer, este…Pintor"

Pintor:
Certamente, me encontrarás, se me amares.
É nos tons e semitons, os matizes mais delicados que
me escondo à tua espera.
Nos meus sentires
Saberei que chegaste ao primeiro olhar
no breve toque de tuas mãos.

É a minha alma que me faz privilegiada.

A tua essência que te faz único!