domingo, 9 de março de 2014

MENINA DOS LAGOS


Senta-te neste banco de nuvens
Observei nos olhos de uma pessoa o Mundo
Fatigado um Milhafre pousou nos ombros da minha ausência
Ouvi o teu Mar com os meus dedos no meu mais profundo

Tu, magnólia em busca do rumor da terra
Fragor de púrpura, instante de amor
Vi-te sorrir nas estações do crepúsculo
Em Fevereiro uma rosa é breve flor

Gaivota pousada ente o basalto e o azul
Que ilha descubro na tua verdade?
Este barco de vela branda nos mares do sul
Que nunca deixou morrer a saudade

Se falassem as tuas mãos
Diria que eram o afago de um Anjo
Se falassem as tuas raivas sem sentido
Diria que era o amor sem vontade de estar escondido

Hoje sonhei com um campo de margaridas e gaivotas
A minha rosa entre Primaveras...
Fechei os olhos absorto na transparência da música
E perguntei ao alto que por amor quem eras

Apontei com o olhar as falésia de uma lagoa
Este pescador de cores, fouçando incompreensões
Apaguei da minha tela os trovadores das sombras
Apaguei todas as frias e más sensações

A minha aura não esconde segredos
Lavarei do meu peito o intimo de certas feridas
E sobre as pétalas murchas do silêncio
Desenharei todas as estações perdidas

Hoje acordei com as palavras a sorrir
Com uma brisa em doces afagos
Imaginei uma lagoa de mil cores
Onde mora uma...Menina dos Lagos...

8 comentários:

lua prateada disse...

Hoje sonhei com um campo de margaridas e gaivotas...
Sonha sempre amigo, pois é o que mais força noa dá para viver...
Bjitos
SOL

lua prateada disse...

Hoje sonhei com um campo de margaridas e gaivotas...sona sempre poeta, o sonho é a nossa porta para a liberdade...
Bjito
SOL

Anna Amorim disse...

Toda composição belíssima!!!!

"Observei nos olhos de uma pessoa o Mundo"

Abraços e parabéns pela construção poética,

Anónimo disse...

Sabe, vc encheu a menina dos meus olhos com a mais pura poesia.Que lindo! Quanta riqueza de universo cabe dentro de você.

Alda Couto (Maria Catunto) disse...

Lindas palavras como sempre...

marlene edir severino disse...

"Ouvi o teu Mar com os meus dedos no meu mais profundo"

E nem foi de alegria meu acordar.
Mas deixei o universo
a me comandar...
Depois do teu poema, voo nas nuvens - fico aqui, "com as palavras a sorrir"

Lindo!
Abraço, poeta!

Kátia disse...

Não te percas Poeta!Mais uma belíssima inspiração e eu continuo na torcida para que continues!

Beijo!

GayPornCum disse...

Very good post ! (My blogs : GayWankers and GayPornCum).