sexta-feira, 14 de março de 2014

JUDAS DE NEGRO CABELO


Nas paredes mal caiadas de uma alma
As manchas de mãos em desenhos bizarros
Vomitei num vazio indescritível
Corre uma cobarde serpente de atitude invisível

Hoje acordei para uma realidade fétida
Obrigado...não tens de quê seu tanso
Há sempre uma noite se aproximando
Há sempre um caminho que terei caminhando

No palácio carbonizado de uma comédia de enganos
Vive prisioneira uma donzela já gasta
Uma boca afogada em palavras amargas
Voa um poeta que rima...já basta!

Um mar embravecido, trás dias sem manhãs
Uma falsa gaivota largou penas ao coração
Uma mulher que estupidifica a paixão
Terá cem anos de solidão

Cem anos de bruma nos olhos
Venham devagar ver, ouvir o poeta
No suor do sonho, ouço vozes num cântico azul
Garça, gaivota, pássaro voando a sul

E quero-vos contar...
Como as serpentes sorriem no enganar
Quero-vos contar, como alguns seres desprezíveis
Moram onde o Mar despeja a sua ira no chegar

Sei de duas...
Que riram em maldosas gargalhadas, de mim
Sei do vomito sem cor nem corpo
Quando a tarde se desprender de mão assustada, no fim

Também sei que mora em minha casa a cor
Que em minhas orações construo um branco novelo
Até rezo por quem me feriu quase de morte
Pelos...JUDAS DE CABELO NEGRO...

11 comentários:

Anónimo disse...


Eu sei o que é a traição, sofri na pele, mais de que uma vez, talvez o mal seja meu ao acreditar que todas as pessoas são boas...
E são!
Mas os males que vão surgindo ao longo da vida, acabam por desvirtualizar pessoas nobres.
Não se torne, azedo ou "serpente", para não ficar igual a quem lhe fez mal.
Na bondade reside a sua superioridade.
Aprenda que as pessoas parecem ser uma coisa e são outra, o mundo é um palco em que praticamente todos usam uma máscara.
E quando aparece alguém puro,verdadeiro e transparente,(sem mascaras) ainda o/a gozam e ridicularizam.
Praticamente já não existe ninguém com capacidade de descobrir no meio da multidão os seres mais dignos.
Não se esqueça que existem pessoas que nasceram apenas para criarem conflitos, é a única forma de se sentirem vivas, desconhecendo que a serenidade é sábia e é sinónimo de felicidade.
Perdoe a quem lhe fez mal e pense que talvez já tenha feito mal a quem não merecia, por ser seu verdadeiro/a amigo/a.
Perdoe, para ser perdoado. Fique bem, fique em paz!
Rezarei por si.

Anónimo disse...

Thanks very nice blog!

Also visit my site: tabletten zum abnehmen

EvaBSanZ disse...

É ótimo.

obrigado

ॐ Shirley ॐ disse...

No suor do sonho, a esperança...
Profeta, um abraço!

Sónia M. disse...

Quando deixamos a esperança entrar, tudo fica tão simples, que assusta.
Até os Judas de cabelo negro, deixam de ter importância...

Meu beijo!
Bom fim de semana.

Evanir disse...

Nessa minha visita gostaria
de dizer tantas coisas.
Dizer o porque dessa minha ausência
que tanto me faz sofrer.
Quisera poder falar tudo que vai na minha alma
e no meu coração.
O tempo é cruel e voa diante dos nossos olhos
marcando cada dia a mais absoluta saudade.
È por sentir saudades que estou aqui
para desejar um abençoado e feliz final de semana.
E dizer que você é muito importante para mim
sua amizade traz alegria para o meu coração.
Desejo um abençoado final de semana.
Beijos no coração.
Evanir.

Anónimo disse...

Tudo na vida, é como a terra, tem que ser cultivado para poder dar frutos, assim também são as relações.
Acredita meu querido Profeta que através do desprezo essas "serpentes" e esse "Judas de negros cabelos" com um falso sorriso que te apunhalaram pelas costas um dia vão acabar por desaparecer da tua vida e apenas vão saber de ti pelos teus grandes feitos.
A arte é um dos maiores prazeres que agente pode ter na vida, deixa que ela te guie e te inspire ;)
É sempre um prazer seguir-te e ler estes magníficos poemas.

Beijo grande <3

Kátia disse...

Num texto belo onde expressa a dor e a retomada da situação,vê-se que resiste a tudo e a todos.

Que as feridas sejam cicatrizadas sempre pelo sorriso amigo desta que vos escreve!

Fica bem meu querido Profeta!

Beijo e cheiro!

Laura Santos disse...

Excelente poema, Profeta!
Traidores existirão sempre, mas para quem nos apunhala só pode existir desprezo.
xx

ONG ALERTA disse...

A traição troasse lições, abraço Lisette.

Maria Rodrigues disse...

Quando se tem a capacidade de perdoar a dor da traição se torna bem mais leve.
Brilhante!
Beijinhos
Maria