sexta-feira, 2 de outubro de 2015

O ASSENTO DA ALMA


Escuto o teu cabelo de ondas
Neste reino do silêncio preso ao encanto
O coração do poeta não para
Quebra-se num momento de dor e espanto

Este poeta viaja na rota do Sol
Viaja em ti
Com o sentir à flor da pele palpitante
Desde o principio de doce instante

É possível escutar as ondas batendo
Pelo sorriso macio dos teus cabelos
Nunca serás um símbolo, lembrança ou ritual de paixão
Serás sempre pássaro pousado em meu coração

Serás
Sol brilhante em eterno dia
Ave da noite vestida de Lua
Encontro da névoa com a flor nua

Procuro-te no silêncio do reencontro
Anjo de cabelos negros, mãos brancas e suaves
Procuro-te na luta entre o perdão e a razão
Fruto exótico das minhas miragens, contradição

Tal como pétala de rosa sem destino
Tal como bola de sabão presa à luz
Tal como a noite mansa esperando nunca se faça dia
Tal como um sorriso breve que a esperança seduz

Trago comigo um livro antigo de culpas
Outro em branco para te entregar
Tem apenas uma tímida e singela frase
“Este poeta não consegue deixar de te amar”

Na obscuridade procuro prender-te
Com estas mãos cansadas dizendo palavras mudas
Já fomos a consciência do amanhecer
Já senti saudade de olhos fechados no ver

Escrevo estas palavras com insistência
Com o ardor da tinta de rubra chama
Como um grito para soltar numa madrugada
Neste...ASSENTO DA ALMA

10 comentários:

Elisabete disse...

Que belo poema! Admiro o seu talento para escrever.
Bom fim de semana

luar perdido disse...

Um poeta de coração irrequieto e sequioso de amor. De sonhos por cumprir e promessas por percorrer. Um poeta que as águas bafejam de penumbras e delírios. Mas sempre, sempre, - UM POETA!

Beijos de luar tecidos
Excelente fim de semana.

Dorli Ramos disse...

Lindo, Profeta,
Você me faz lembrar um namorado poeta, esteve por dois anos na cidade que estudava e quis me levar consigo, mas queria viver minha bela juventude. Escrevia cartas perfumada todos os dias, eu nunca respondi, pois empre fui péssima em português.
Um bom fim de semana
Beijos no coração
minicontista

{Λїtą}_ŞT disse...

É sempre um imenso prazer vir até aqui te ler.
Sua poesia tem alma, vida que pulsa, coração que ama.
Sem palavras para descrever... muito lindo!

Abçs

Amara Mourige disse...

Que lindo poema amigo!Muito bom te ler!
Abraços e feliz fim de semana.
Amara

Cecilia disse...

Bom dia poeta.
Fico admirada com suas belíssimas palavras que nos envolve a cada poema, pois são de profundo amor a procura de sua amada.
Abraços e ótimo final de semana.

Rita Freitas disse...

Lindas palavras com alma de poeta :)

bjs

Gaby Soncini disse...

Um belo poema de amor!

Abraços!

margusta disse...

Belo Poema Profeta!
Beijo e boa noite!

Simone Anjos disse...

Você sempre tão intenso caro Profeta! Caro Poeta! Lindo poema.
Beijos na alma.