sexta-feira, 1 de abril de 2016

SONETO DE AMOR


Talvez seja a consciência do amanhecer
Uma barca a navegar pelo coração da ilha
O desejo surdo de um vagabundo
Uma luz que se acende no passear da vida
Um canto sob a luz dos holofotes
Um palhaço poeta disfarçado nos espelhos
Rabiscando num papel adormecido
As ondas dos teus cabelos

Oiço a música forjada e quente
Do sol e do mar
Enquanto construo na areia um castelo
Onde te possa celebrar no amar

Contenho esta alma inquieta
Na procura de um porto seguro
Sinto correndo o suor de um sonho
Percorro na tua procura um caminho embriagado

Esta não é uma carta, um postal, um diário
Será o sentir algures no despertar da sombra cativa
É assim que construo a casa colorida
É assim que recolho o destino nos braços do dia

Insano é o tempo que me fala de um mar revolto
És Mulher, vem sem violentares palavras
E sabes:
É possível dilacerar as nuvens escuras das fronteiras

É possível:
Fazer sorrir as estátuas
Voar com anjos azuis
Amar-te afastando todas as mágoas

É possível:
Olhar para o rosto das árvores
Voar nos olhos de uma gaivota
Abrir no teu coração uma nova porta

É possível:
Varrer do coração toda a dor
Por isso te ofereço
Este... SONETO DE AMOR...

8 comentários:

Pensamentos Com Asas disse...

Somente tenho a a dizer.. é muito lindo, pois fiquei sem palavra para descrever tão bela poesia. Beijos e tenha um lindo dia.

Malu Silva disse...

Fico sem palavras diante de tão bela composição poética.

Lindo dia!!

bea disse...

É muito bonito este soneto que não é soneto. E enquanto lemos convencemo-nos dessa possibilidade, que a vida ignora e arrasta sem mais.
Mas o poeta tem potencial. O profeta já duvido. Entendo pouco de profecias.
BFS

Célia Rangel disse...

...É possível... na blogosfera deparamo-nos com belo poema!
Abraço.

Ambra disse...

Splendido il tuo sonetto e molto bella anche la foto.

CÉU disse...

a menina da imagem é linda e não menos belo e meigo seu poema, onde cabem vários sonetos, querido amigo. beijos e boa semana.

Cristina Sousa disse...

Belo poema, enquadrado com uma doce imagem.

Um beijo e feliz semana

luar perdido disse...

Não é uma carta não. Mas sim uma declaração de um amor belo e sonhado. Um soneto que derrete doçura, beleza, suavidade e um profundo sentimento que trespassa o coração e a alma.
Belo este "soneto de amor". Assim ele floresça no coração amado.
beijos de luar