sexta-feira, 27 de maio de 2016

SOB OS CÉUS MAIS INFINITOS


Este homem, esta ilha
Infatigavelmente prostrado no centro dos horizontes
Aguardando a chegada das gaivotas
Procurando o teu sorriso, por ti no abrir de sete portas

Aguardando certamente um momento
A chegada do mensageiro do amor
Para em cada voo erguer o grito do mar
Num crepúsculo lento pintar o amar

Quem sou?
Um habitante das árvores da noite
Quem és?
Uma sinfonia, um pássaro breve

Falemos de pássaros
Como se afinal não importasse mais nada
Falemos de ti
Como se tudo importasse nesta paixão muda

Esta ave cansada
Ruma a norte perdida do sul
Buscando novos pontos cardeais
Desenhando o teu sorriso num céu azul

Recuando até à portas do céu
Avançando prisioneira do voo na mais profunda altura
Desenhando mapas de sombra com a luz às costas
Com a consciência viva e madura

Às vezes preciso acordar o silencio
Neste meu peito, no gesto demorado
Há com certeza uma lamparina acesa
Há uma divindade olhando por mim de qualquer modo

E há quem diga não amar amando
Não acreditar acreditando
Não querer sentir sentindo
Com verdade mentindo

Sabes?!
Já estive no lugar onde as crianças buscam os sonhos
Onde os pássaros nunca hesitam no romper do canto
Sabes?! Já voei contigo...SOB OS CÉUS MAIS INFINITOS...

5 comentários:

luar perdido disse...

"E há quem diga não amar amando
Não acreditar acreditando
Não querer sentir sentindo
Com verdade mentindo"

E há quem escreva com esta beleza e suavidade do mais fundo da alma...
Belo como sempre, um pedaço de ti especial e inigualável. Como sempre!
Beijo de luar

Célia Rangel disse...

Maravilhamento é o que seu poema despertou em mim... Sua intuição poética leva-nos ao devaneio! Obrigada!
Abraço.

Pensamentos Com Asas disse...

Poema encantador...

Smareis disse...

Muito bonito esse poema.
Versos que me fez pensar.
Andei dando uma pequena pausa que acabou se alongando. Mais a saudade bateu, e de volta estou no meu blog.
Um abraço e ótima semana!

Leilinha & Amigos! disse...

Como sempre lindo, os teus textos,
parabéns amigo de blog!
Estou voltando aos poucos a blogar a me conectar com vocês,
bem, mudei o nome do blog e estou postando nele textos meus com fotos dos meus amigos, são registros meus com meus amigos em nossos encontros.
Venha me visitar.
Um beijo no coração e que DEUS o abençõe muito!
Eu! Leilinha