sexta-feira, 9 de setembro de 2016

FASCINAÇÃO



Uma estrela caiu no mar
Iluminou a baia do silencio
Uma gaivota rasgou o ar
Uma tela ganhou cor no traço do pintor

Uma mulher
Fruto exposto na mesa da pobreza
Um golfinho magnifico salta no canal
Alecrim na sangria ninguém leva a mal

Estas minhas manhãs
Embriagadas de satisfação e cansaço sem penas
Porque admito aos quatro ventos
Nesta caminhada da vida nem me aguento nas pernas

As pernas delicadas de uma mulher suspiram
Em bicos de pés num salão sem luz
Um vestido de cetim relampeja
Um piscar de olho um tanso seduz

Há mulheres radiosas
Também aves da sombra
Há gente que espera como se repensasse o passo
E esperasse pacientemente do pintor o traço

De vestido de lantejoulas
Enteada de gestos iguais e filha de esboços frios
Esta dança menos de vinda e mais de ida
No cruzar de sete rios

Uma virgem fugidia
Um galifão de bigodes disfarçado entre espelhos
Duzentos kilómetros de mulher afogada em vaidade
Por baixo da saia a porta mágica de uma inventada cidade

A música do Sol do Mar
Um cântico azul sem manhãs no mundo
Barcos brancos baloiçam mudos
Uma mão de sete dedos tocando o teu mais profundo

A ira da cor do céu
O beijo da fervura, um castelo, rosto no chão molhado
O vento e a música procurando um porto
O canto surdo de um sonho já morto

Dirão todos vós o que deu hoje ao poeta
Sonhei que soltei os trincos da paixão
Encontrei-te bela e formosa vestida de sorrisos
Fábula, quimera, paixão....?! Apenas FASCINAÇÃO...

6 comentários:

Maria Rodrigues disse...

O fascínio da paixão leva-nos numa divagação sem limites.
Belíssimo poema
Um abraço
Maria

luar perdido disse...

Há um fascínio nas letras que se deitam nas espuma dos mares profundos e azuis. E há um fascínio nos sóis e nas luas que se revezam nos céus brumosos que enfeitam as ilhas. E há ainda um outro fascínio, mais profundo, mais submerso, mais intenso... Aquele que brota do pincel colorido de um pintor de almas, encantador de estrelas e maestro dos sonhos.
Fascinação de poema! Único e tão teu...como sempre,
Beijo de luar

oteudoceolhar disse...

Fascinação... de facto fascina a forma como as palavras fluem de ti...
Ler saborear cada poema, é sempre um prazer, mesmo que parta e que volte...
Beijo n´oteudoceolhar *

Célia Rangel disse...

Um poema adorável, repleto de fascinante poesia!
Abraço.

Cores do Caminho por Alice Meca disse...

Sonho, devaeio, paixão, fascinação, não importa, o que importa é o belo poetar que nos fazem caminhar contigo.
Abs e rimo domingo

Antonia disse...

No se si la traducción hace honor a la belleza de tus versos. Pienso que la poesía es preciso leerla en el idioma en que están escritos, por eso me temo que me quede a mitad de la pregunta. Interpreto tus palabras y deduzco un melancólico paisaje marino y personas con sentimientos opuestos.
Algún día aprenderé portugués, mientras tanto recibe un abrazo.