quinta-feira, 8 de junho de 2017

ANJO DAS PALAVRAS


Pensa em mim
Depois de termos dito adeus
Recorda-me tão imutável como o mar
Pensa em todas as coisas que vimos
Imagina-me fazendo impossíveis
para da minha mente te afastar
Faz tanto tempo, parece-me fazer
Promete-me pensar
Pensar em mim Anjo dos meus sonhos
Onde neste mundo te tens escondido
Em sonhos vejo-te
Oiço-te numa voz vinda de cima
Murmurando o meu nome
Deixarei a mente vaguear, concede-me a tua glória
Quero esquecer sombrias histórias de amor
Porque esta alma muda foi visitada pelo anjo das palavras
Permanece ao meu lado, guia-me
Dentro do espelho está a outra parte do meu rosto
Espera-me até ao sol-posto
Partilha cada dia comigo, diz que me amas, partilha comigo
Onde quer que vás, convoca os teus anjos
Diz partilhares comigo que eu logo te sigo
Que o nosso esplendor nunca se desvaneça
Na sensatez do prudente silencio, secretamente em segredo
Todos os instantes do dia, diz que precisas de mim
Deixa-me ser teu abrigo, um mundo sem noite
Um amor uma vida sem mágoas
Deixa-me ser para ti
O Anjo das palavras...




2 comentários:

luar perdido disse...

Profeta; mas será que disseram, mesmo, adeus?
Um amor assim não se fica por uma despedida nas dobras de um silêncio mal contido! E porque queres afastar da tua mente um Anjo? Um Anjo que te povoa os sonhos, que te enche a alma e te guia os passos - ainda que não guie - ou não possa, de facto, guiar? Porquê, Poeta?
Porque não te fazes "Anjo das Palavras" de verdade? porque não descobres o rosto, o corpo, a alma - porque não deixas a vida fluir? Aceita as asas do Anjo. Aceita a luz que dele emana. Não o tranques num lugar húmido e escuro de memórias. Os anjos existem para sobrevoar os Homens, iluminar os seus passos e conduzi-los ao "lugar do amor".... seja ele onde for, esteja onde estiver.

Ah! Profeta; que belíssimo soneto de amor!!!! Deixa que este "Anjo das Palavras" povoe a vida do ser amado.
Mais uma obra prima da tua mestria.

Beijo de luar

Célia Rangel disse...

Analogias que desmistificam um sublime sentimento: - o amor!
Belo poema!
Abraço.