segunda-feira, 21 de março de 2011

ESTE LUGAR DENTRO DE MIM


A espuma de uma onda breve
Cobre o negro basalto do fim da ilha
Deixa a palavra saudade tatuada
Em sal azul de nostalgia

Mil silêncios percorrem este deserto
Uma casa olha-me no olhar de entreaberta janela
Um papagaio faz de conta que sabe falar
Gagueja a preceito a palavra amar

Encontrei hoje o dono do assobio
Ausentou-se do caminho o louco caminhante
A chuva voltou envergonhada para as nuvens
O relógio marcou o futuro adiante

As raízes de uma camélia
Prenderam-se aos trincos da minha memória
Lancei as sortes ao celeste cheio de fé
Caíram no correr de um ribeiro que chora

Um valsa valsou descontrolada
Um Arlequim riu que se fartou
Uma dama tonta perdeu a máscara
O Absinto num cálice ao chão tombou

O feitiço e o homem
O cruel chicote estalando no ar
Um barco navegando ao contrário
Fugindo ao sitio onde mora o chegar

Alma desencontrada
Entre este mundo e...a existência verdadeira
A mim chegam os lamentos
Da partida derradeira

Esta força, este meu peito que ameaça explodir
Este querer não querendo, este não saber sabendo
Esta sede que me arroxa o beber
Estas palavras ditas tantas que não entendo...

...Que percorrem o caminho entre a alma e a desventura
Brotam de uma plantada formosura
Vêm envoltas numa lágrima fugida ao sentimento
Que saiu de um coração da cor da ternura

Que loucura é esta que que sinto
Que me faz caminhar entre todos os princípios na fuga do fim
Toda ela transformada em amor e dor
Guardada...Neste Lugar dentro de mim...

12 comentários:

Nanda Assis disse...

muito lindoo!!

bjos...
.
...^ .. ^
_/ \ .. / \_
/ ___ __ _\
/ / @ \/ @ \ \
\ \___/\___/ /\
\____\/____/||
. / .... /\\\\\//
. | .... |\\\\\\
. \ ..... \\\\\\
.. \____/\\\\\
... _||_||_
.. -- --

yara b . disse...

"Alma desencontrada
Entre este mundo e...a existência verdadeira"

- é bem aqui que me encontro.





um beijo.

tecas disse...

Soberbo poema de procura...«Que loucura é esta que que sinto
Que me faz caminhar entre todos os princípios na fuga do fim
Toda ela transformada em amor e dor
Guardada...Neste Lugar dentro de mim...»
Por vezes, não se procura, no lugar certo...existe senpre outro lugar dentro de nós....
Muito bom.
Saudações poéticas

Cristiane disse...

Que belo!
Bjus

S L Sousa Mendes disse...

Turbilhão de emoções... de encontros e desencontros.... de avanços e recuos... retrocessos...

" A chuva voltou envergonhada para as nuvens
O relógio marcou o futuro adiante"
"Um barco navegando ao contrário
Fugindo ao sitio onde mora o chegar"

Belo poema em que os antípodas se tocam...Onde sonho e pesadelo se abraçam.... Este estado febril de frenesim....

"Este querer não querendo, este não saber sabendo
Esta sede que me arroxa o beber"...

Maravilhosa "criatura", nascida de "um criador" com a

"alma desencontrada
Entre este mundo e...a existência verdadeira"
............
Beijo nesse "coração da cor da ternura", guardado...Nesse "Lugar dentro de"... Ti

S L

C. disse...

lindo ;*

Emoções disse...

Para ser poeta basta ser sincero, escrever o que sente, amar o que realmente deseja, e esquecer a beleza superficial das palavras que formam a poesia, pois se verdadeiro é o seu sentimento, puro será seu coração...e lindas serão suas palavras!

gaivota disse...

bem, Armando, este poema é uma maravilha...!!!! e a pintura é linda!
parabéns, mais uma vez!
beijinhos a todos

Jacinta Correia disse...

E felizmente há sempre esse lugar dentro de nós... bjs

Malu disse...

Sempre poemas delicados e reflexivos nestas belas páginas tuas.
Passo, leio-te e deixo um abraço cheio de PAZ

Ingrid disse...

temos sempre,querido Profeta, um lugar em nós que desconhecido, nos chama por vezes..
teus versos me levaram aos meus..
beijos perfumados

Cordeirinha disse...

""Que loucura é esta que que sinto
Que me faz caminhar entre todos os princípios na fuga do fim
Toda ela transformada em amor e dor
Guardada...Neste Lugar dentro de mim...""

Maravilhas.
Um beijo.