sábado, 30 de abril de 2011

NO LIMIAR DA VERDADE


Há tanta coisa que te posso dizer
O mar vai bramindo no encontro da fria lava
As gaivotas perderam-se no encontro da Terra
Encontrei hoje uma alma que inquieta estava

Hoje pintei a ardência da manhã
Fechei os ouvidos à palavra vã
Quebrei um ramo de loureiro verde
Mordi o veneno de uma maldita maçã

Fui Adão nu de preconceito
Paladino de uma luta sem tréguas
Demiurgo de uma história por contar
Barco sem leme em agitadas águas

Parei o relógio!
Parei o tempo que julguei ter parado
Ordenei aos pássaros que o canto parasse
Pedi a um anjo ter no voo cuidado

Uma deusa chorosa, chorava à beira-mar
Uma pedra sem mão percorreu o saltar
Uma giesta perdeu todas as flores
Um morrer ensaiou um falso matar

Fiz magia com todas as cores que tinha
Fiz aparecer na tela um tocador
Pintei-lhe um violoncelo a preceito
Mas ele não sabia tocar uma música de amor…

O amor nunca acontece sem amor
Esta coisa do amor será fantasia?
Será uma noite vestida de nostalgia?
Será planta envergonhada que floresce ao fim do dia?

Seja o que for, tem o nome de amor
Acho bem que seja assim
Há quem diga que se enraíza para sempre
E floresce como planta de alecrim

Não contei lá grande coisa neste louco poema
Vejam bem que nem falei da saudade
Mas disse algumas coisas sem nexo
Que estão…No limiar da verdade…

55 comentários:

isa disse...

Boa Noite,Poeta!
Boa Noite, meu Amigo!
Tudo o que aqui disseste tem nexo,
tem encanto e magia!
Terno
Beijo.
isa.

Sandra Fernandes disse...

lindo...

Carmem disse...

Muito bonito...Gostei bastante....
Fazia algum tempo que não vinha te visitar.. Tá tudo muito lindo..

Beijooo

Helen De Rose disse...

Um limiar tão fugaz, que se transforma a cada nova cor que se mistura aos matizes de quem conhece o verdadeiro amor. Lindo poema. Bjo.

Maria Dias disse...

Sua poesia me fez lembrar Cazuza..."Eu sou Poeta e não aprendi a amar".

A maldição de um poeta é não ter a certeza do amor.

OutrosEncantos disse...

é que neste "louco poema" contaste docemente tudo de ti, Profeta louco!
é dos poemas mais doces e lindos que escreveste :))
adorei :)

doce beijo, Profeta!

gaivota disse...

no limiar da verdade existe sempre o sem nexo das coisas, do ser e do não ser...
é a magia das ilhas, armando!
um domingo feliz, um beijinho especial à Maria, aos rapazes e a ti, meu amigo

S L Sousa Mendes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
S L Sousa Mendes disse...

Encontros e desencontros... Barco à deriva... Relógio que pára o tempo... Morrer de falso matar...
Tocador que se nega a homenagear Eros e Psiquê... que delícia!...

Querido Profeta e Mágico Demiurgo ___ porque não será O amor madrugada de mil cores pintada... etéreo arco-íris policromático???!!!...
O Amor comanda a vida e é ele o Grande Artífice de belos castelos, o Grande Arquitecto do Universo de ilusões, o Jeová da vida, o Verbo que , encarnando em nós, nos faz transpor o "Limiar da Verdade"...

Deliciada e inebriada pelo doce perfume deste "louco poema"... ele que nos revela a essência, o íntimo de um maravilhoso mágico de palavras... parto, não sem antes deixar, um um beijo traquina no teu rebelde e indomável coração...
S.L.

Chris disse...

Hi Profeta
Costumo visitar o blog TOQUE DE MIDAS da Céu Rosário e costumo ler os comentários antes de deixar o meu.
Hoje só encontrei um mas com tal qualidade que me levou a visitar o blog do seu autor.
Vim encontrar uma poesia que embora não seja a minha me despertou interesse e pretendo seguir.
Para mim os pensamentos, as idéias, que as pessoas transmitem nas suas publicações tem muito interesse e por isso tenho que confessar que me interessou o que li. Faz pensar o que é muito salutar.
Gostei da visita e vou seguir o espaço.
Faço o convite para visitar o meu modesto blog, onde igualmente publico algumas coisas que escrevo.
Um abraço

Chris Morris

Lilá(s) disse...

Uma doce e encantadora poesia!
Bjs

Ana Kalil disse...

Olá,Profeta Poeta!

Extremamente belo seu poema.

Apreciei muito as rimas, e a forma ritmada, o tema, o emprego dos pronomes, tudo! Lindo!

Parabéns!

Abraços
Ana

Aquarela disse...

...Há quem diga que se enraíza para sempre
E floresce como planta de alecrim...


Nada tem de louco poema este, está imbuido de uma sublime lucidez...

abraço

Sopro Vida Sem Margens disse...

..Eis o nexo do sentir da pele gravado nesses dedos que tão bem o souberam exprimir!

Grata...grata por este momento ÚNICO!

Um beijinho
da
Assiria

:: Mari :: disse...

Encatador e bem ritimado, adorei!

Agradeço a visita no meu Tic Tac.

Ótima semana

Bjos

Tatiana disse...

Olá, nossa que coisa! Q coisa bonita! Admirável. obrigada pela visita e fico mto feliz por chegar ate aqui!

Vivian disse...

Bom dia!

Um intenso amar...intenso sentir...
Lindo!
beijos pra ti!

Quero_te_dizer disse...

Vim agradecer pela visita e pelas palavras que lá deixou...

Li seus escritos e adorei, sempre estarei por aqui agora.

beijos

† A Dangerous Mind † disse...

Olá, Profeta como estás?

Amei o poema ^^^

Obrigada pelo carinho tens um selo para vc em meu blog ;*

bjos!

Ingrid disse...

Profeta,
dizemos tanto e nada..
e a verdade..um caminho de nós..
e aqui de ti!
beijos poeta..

{Malú}_MTONNY disse...

Q belos poemas...Tu escreves com o olhar de um anjo
Viajas pelas entranhas de seu ser
Solta pérolas em forma de palavras
Meu lindo poeta...
Com prazer vou lhe seguir..obrigada pela visita e o carinho...bjs

♫*Isa Mar disse...

Oi amigo, hoje minha alma se identificou com esse poema, também gostaria de parar o relógio e fazer algo diferente...
Então farei magia com as cores e pintarei uma nova tela
Beijos e boa semana pra ti!

Maria disse...

Amigo poeta hoje venho especialmente agradecer o poema maravilhoso que deixou no meu humilde cantinho. Coloquei na barra lateral. Muito obrigado pela sua gentileza.
Beijinhos
Maria

AFRICA EM POESIA disse...

Foi bom ver-te neste dia tão especial .
Dia de Saudade à Mãe que partiu mas que continua no meu coração
beijos

ONG ALERTA disse...

Belas palavras, beijo Lisette.

Colecionadora de Silêncios disse...

Olá.

Maravilhoso o seu poema. Simplesmente encantador!

Beijos

SєиhσяiTα Fαbby* disse...

Ola, passei para avisar que tenho selinhos pra você!
Da uma procurada lá seu blog esta em uma das listas!
beijinhos colloridos
http://wwwparedescolloridas.blogspot.com/2011/05/tenho-selinhos-pra-te-daro-ooo.html

Desnuda disse...

Querido amigo,

Lindíssimo poema.Tudo faz sentido, Poeta. O amor "floresce como planta de alecrim".


Beijos com carinho e ótima semana.

SєиhσяiTα Fαbby* disse...

meu pc deu pani então nao sei se ja te enviei essa mensagem + por via das duvidas...
passei para avisar que tenho selinhos pra você!
Da uma procurada lá seu blog esta em uma das listas!
beijinhos colloridos
http://wwwparedescolloridas.blogspot.com/2011/05/tenho-selinhos-pra-te-daro-ooo.html

Rosani disse...

Poeta!

Estou aqui emocionada, viajei através do seu poema, as palavras bailam dentro de mim com tanta magia e lucidez.


bjos,

Coruja disse...

Entre a estupidez e o crime, existe uma fronteira que, para alguns é de difícil percepção.

Sooner or later, é no Tribunal que tudo se há-de saber, é no Tribunal que tudo se há-de julgar...

isa disse...

Tens um mimo para ti,no Momentos.
Que gostes!
Beijo.
isa.

Sonia Pallone disse...

Obrigatoriamente o silencio se fez sentir, pra te ler, imaginar e aplaudir...Bjos meu querido, e muita paz pra vc.

mariam disse...

Profeta,

BELO. Sempre.

Fechei a caixa de comentários do http://mariasentidos.blogspot.com/ (um dia destes reabro), mas continuo a visitar o 'blogobairro' e embora ande parca no comentar, não me esqueci de Si nem dos outros(as)amigos(as).

um abraço e o meu sorriso de sempre :)
mariam

RosanAzul disse...

Gosto muito dos teus poemas...
Um feliz domingo pra ti!
Paz e luz... Ro

Guidinha Pinto disse...

Há tempo que não o visitava. Muito bonitas estas suas palavras.
Abraço.

TITA disse...

Intenso.Será saudade do futuro?Um abraço.

elvira carvalho disse...

Fez magia com as cores e faz magia com as palavras.
Um abraço

Michelle Nazar disse...

Queria parar o relógio também..sobbretudo para evitar perdas irreparáveis..
Saudades daqui e dos seus poemas e comentários! Abraços!

Nuestro Cielo disse...


Bom dia, amigo Profeta!

Nós, Wilson e Sanzinha, viemos avisar que agora nós escrevemos juntos em um novo blog, o Nuestro Cielo. Como sua amizade é importante para nós e não queremos perder o contato, pedimos que você nos visite em nossa nova casa e nos siga lá. Segue o link:

http://lonuestrocielo.blogspot.com/

Já estamos te seguindo com nosso novo perfil. 
Os blogs "Bom Ruim Assim Assim" e "Jardim Secreto de Sanzinha" serão excluídos. Pode até excluí-los de sua lista de visitas.

Então é isso! Esperamos você em nossa nova casa!

Um beijo grande e um abraço apertado!

Wilson e Sanzinha.

Josselene Marques disse...

Caro Profeta:

Disseste a mais pura verdade.
Lindos versos cheios de imagens que nos fazem "viajar" e refletir sobre o mundo, os sentimentos, enfim, tudo que faz parte do nosso viver.
Parabéns! Demorei, mas retornei, como prometi.
Fraternal abraço e ótimo final de semana.

Fragmentos Intemporais disse...

Continuas a escrever tão bem!!!

Chellot disse...

Não contaste muita coisa no poema? Se fores contar tudo não daria num livro. Precisaria de toda uma biblioteca para dissertar sobre todos os sentimentos. Mesmo assim falaste bem sobre o amor e assim como o barco é levado tanto por águas serenas como por águas turbulentas é o amor que navega em seu poema.

Lindo! Beijos doces.

Ana C. disse...

que susto amigo, dizia que seu blog não existe
coração acelerou aqui
tantos não juntos aqui...

não abandone ^^

Coruja disse...

De tanto espiar, ficaste completamente cego, surdo, mudo... e deformado pelo bisturi da má língua... portanto, assim desprovido de sentidos, não existes...

Ira Buscacio disse...

Ola, Armando!

O poema é assim, nas mãos ensaia uma morte que não mata.
Bj e bom domingo

disse...

É incrível como os seus poemas conseguem me tocar tão profundamente... saudades dos seus comentários lá no Livros Que Eu Já Lí, passa lá depois pra matar as saudades, beijão. MUITA INSPIRAÇÃO PRA VOCÊ!

Elizabeth F. de Oliveira disse...

Há tanta coisa que pode o poeta nos dizer de uma forma tão sublime como o teu poema.´

Abraços

Rosangela Neri disse...

Tantas coisas me disse...

Um beijinho carinhoso pra ti.

Saudades.

Tina disse...

Oi Profeta!

Dissestes apenas verdades lindas: tenham elas nexo ou não !

Sempre me encanta ler estritos teus.

beijos,

Ana Paula disse...

Linda poesia... Pena que uma boa editora não reconheça um talento assim. ^^'

Maria Dias disse...

E como está o Poeta?

Gorete . SoLua disse...

Amor é assim...às vezes parece ser sem nexo.
Lindo seu poema!

doces beijos :)

RosanAzul disse...

Estava com saudades de te ler...
Meu carinho de sempre num beijo azul,
Rosana

Curiosa disse...

somos todos um! adorei tuas profecias, profeta ... uma mais bela e verdadeira que a outra ... abraço pra vc ...