terça-feira, 27 de setembro de 2011

COM O LUAR NOS OLHOS


Os barcos levam nome de santos
Uma flor tristonha lembrou a Primavera
O silêncio mora no meio de um monte
As mulheres ficam sempre em cais de espera

As mulheres…
No jardim onde as maçãs são de ouro
Conheci três mulheres de encanto
Uma negra, uma vermelha, outra branca para meu espanto

Estava a brincar!
Nunca consegui conhecer realmente uma mulher
Nunca entendi o que lhes vai na alma quando sentem
E atiram isso a um coração qualquer

Não! Não era de nada disso que queria falar
Hoje deu-me para falar de coisas assim
Sei apenas que às vezes me olham sem ver
Sei que nem sempre o princípio é o caminho para o fim

Que fúria tem este Mar
A ilha acordou presa a uma tempestade medonha
Não há pássaros no céu deste degredo
Já nem vejo a lua triste ou risonha

Rios correm de encontro à terra

Rasgando esta feiticeira bruma
Não há trégua nos vales da ilha
As vagas vieram coroadas de negra espuma

Não há ninho que sustente o canto de pássaro
Não há santo que nos valha na oração
Não há contas para provar tanta fé
Já não há calor neste pobre coração

E quero adormecer no abandono do dia
Quero sentir o aroma da lenha aos molhos
Aquecer a alma com a verdadeira esperança
E sonhar…Com o Luar nos Teus Olhos…

6 comentários:

ellen disse...

Hummmm PROFETA, como tudo continua lindo mesmo depois da minha ausência.

Parabéns!

...e um Beijinho

Ingrid disse...

olhos de fúria, de sonho e luz!
abandonar-me aqui..
beijos Profeta..

Aquarela disse...

Profeta poeta... poeta das profecias, quem te atira dor ao coração...? As mulheres nem sempre sabem o que lhes vai na propria alma, so com o amor vem a lucidez...só com o principio do amor se chega algum dia a um fim, a esse lugar onde a esperança aquece a alma... e nos leva ao luar do mais puro olhar!

Abraço

luar perdido disse...

Se tens nos olhos o "luar dos olhos de uma mulher" então mesmo na furia dos elementos que rasgam a bruma fria da ilha, dos rios que tumultosos se atiram de encontro à terra e das negras vagas que do mar se elevam em furia, terás o poder do amor no coração.
Belo e forte como só tu escreves.
Beijo de luar

.•°•. Nancy .•°•. disse...

*** Un petit coucou ! je te souhaite un bon mercredi ensoleillé ! ***

Sonia Pallone disse...

Que imagem forte e que lindo poema, meu querido Profeta! Saio daqui encantada, como sempre. Bjs.