domingo, 18 de março de 2012

DAMA DE OUTONO


O meu pranto escondeu as sílabas de uma palavra
O meu céu não precisa de Sol para ser azul
A minha emoção transbordou nesta clara manhã
Tal como as incontidas águas que correm para sul

Este Inverno que o meu querer instaurou
Tem o rosto coberto por densa bruma
Tem a força de todas as marés esta emoção
Que devolvi hoje à espuma

Soltei os sentidos na procura do sentir
Agarrei as crinas de uma teimosa ventania
Cavalguei uma nuvem que adormeceu no alto de uma cumeeira
Parei para chorar uma árvore que no chão jazia

As flores despertaram mais cedo
De um sono aprisionado em mil noites de solidão
Aromas selvagens inundam a ilha
Evocando uma perdida paixão

Apaixonadamente um pássaro cantou na madrugada
O aplauso das folhas obedece ao querer do vento
Onde dormem as gaivotas ao fim do dia?
Onde dormem os barcos em que há tempos eu partia?

Parto em cada anseio
Numa viagem com o nome de solidão
Não sei se são de mortas folhas este caminho
Só sei que é de frio barro este chão

E rio, soltando uma louca gargalhada
E voo sem medo do cair
E aprisiono uma amargura sem sentido
E sinto que a distância é o fim do partir

E fico ficando sem querer ficar
Fecho os olhos e vejo a cor do desengano
No vestido de perdidas cores
De uma…Dama de Outono…

40 comentários:

Jossara Bes disse...

Olá!

Lindo poema!
Beijos!

Celina Vasques disse...

Lindissimo Poeta!
Meus aplausos sempre!
Beijos ternos!

Patrícia Pinna disse...

Boa noite, poeta. Um maravilhoso poema tão repleto de versos maravilhosos e profundos.
Essa dama maravilhosa encanta e traduz muita beleza em meio ao frio aconchegante, e aos mistérios que ela nos traz.
Um beijo na alma, e fique na paz!

OBS: FICA ATÉ DIFÍCIL DESTACAR UM VERSO, OU ESTROFE DO TEU POEMA.

Mery - Coqueluxos disse...

Lindo poema... Uma semana iluminada!*_*

may lu disse...

Agradecida pela visita em meu humilde cantinho... Quero dizer que me perco aqui nos teus versos desde o dia em que me deparei com teu blog. Simplesmente fiquei encantada
"E fico ficando sem querer ficar
Fecho os olhos e vejo a cor do desengano
No vestido de perdidas cores
de uma… Dama de Outono…" é o sumo de todo este teu poema... Todos nós fechamos os olhos em algum momento de nosso outonos e por uma ou outra razão acabamos por ficar durante toda a estação... Beijos mil!

Roberta Maia disse...

Bravoooooooooooooo...aplausos!!

Admiro muito os poetas, e você é um deles!!!

Que DEUS te abençoe!!
Paz e Luz!!

A VIDA É UM ETERNO APRENDIZADO disse...

Bom dia!
Nossa que belo poema.Tens o dom de encantar seus leitores.Fico imaginando a Dama de outono.
Grande abraço
se cuida

Carol Machado disse...

Oi Amei o poema e obrigada por compartilhar m pedacinho em meu blog :D bjss
taotao-distante.blogspot.com

Tânia disse...

Sei como voltar:
as cores do meu outono
desenham caminhos...
Um grande beijo.

Sandra Mitsue disse...

Olá...
Lindo poema...Agradeço o carinho deixado no Meu Cantinho no Japão...Ótima Semana!
Beijos!
San...

MJFortuna disse...

Estava sentindo falta da sua poesia ! Sinto falta de você no meu blog...
Te reencontrei!

Abraço


Maria J Fortuna

Alê disse...

Das passagens de estações, nenhuma me encanta mais, que o outono e seus tons,

Lindo poema,


Bjas

@ Escritora disse...

Lindo!

Saudaçoes

Lua Negra disse...

Agradecida por ter levado tão precioso presente em meu mundo da "Natureza".

Que seus dias sejam sempre de renovação e inspiração.
Beijinhos de luz.
Lua.

Eva Sabbado disse...

Você é muito talentoso, parabéns, querido, obrigada pela visitinha, bjos. Ótima semana para você.

Eva Sabbado disse...

Você é muito talentoso, parabéns, querido, obrigada pela visitinha, bjos. Ótima semana para você.

Pretty in Pink disse...

LINDO!!

Beijos

MARILENE disse...

Abordamos, de certa forma,o mesmo tema. Versos lindos os seus. Bjs.

✿ chica disse...

LINDO demais,Profeta!!1Que bom te ler!!! um abraço e linda nova estação! chica

# Poetíssima disse...

e eu fico sem querer ficar... foi lindo isso...

OZNA-OZNA disse...

mil gracias por regalarnos la suprema belleza de tus versos sensible poeta, besinos

Labirinto de Emoções disse...

...."Que Deus lhe dê: Para cada tempestade,
um arco íris.

Para cada lágrima, um sorriso.

Para cada cuidado, uma promessa.
...
E uma bênção para cada provação.

Que para cada problema, a vida lhe
traga alguém fiel com quem dividi-lo."...

Beijito

Evanir disse...

O Poeta é um fingidor,
finge tão completamente que chega a
fingir que é dor a dor que deveras sente .
*Fernando Pessoa*
Um Feliz Dia Internacional Da Poesia
Creio Que Existe Em Todos Nos Um
Cantinho De Poetar No Coração.
Mais Esse Dom Não Foi Dado
A Todos.
Um Abraço Carinhoso Pelo
Dia Internacional Do Poeta.
De Um Dia Tão Importante Para Todos Nos.
Tem Um Mimo Na Postagem .
Caso Gostar Foi Feito Com
Muito Carinho.
Beijos e Beijos.
Evanir.

RITA DE CÁSSIA disse...

Obrigada pelo comentário.Adorei!!!!

Lilazdavioleta disse...

Olá Profeta ,

venho agradecer a visita e retribuir o beijo

*Simone Poesias* disse...

Muito lindo teu poema. Parabéns!!
Bjos XD

OceanoAzul.Sonhos disse...

Linda dama de outono, em palavras onde mergulhamos silenciosamente.

abraço
cvb

Marly Bastos disse...

Natureza encanta que os teus versos cantam. Encantada também com tuas palavras grafadas.
Beijokas doces e obrigada pela visita

Merlaine Garcês disse...

Obrigada por deixar em meu blog um belo poema!

Bjs!

Bandys disse...

Lindo poema.
E fico ficando sem querer ficar
Fecho os olhos e vejo a cor do desengano
No vestido de perdidas cores
De uma…Dama de Outono…

Cores de um outono,

Belo.

Beijos

OutrosEncantos disse...

permite-me, Profeta:

"Apaixonadamente um pássaro cantou na madrugada
O aplauso das folhas obedece ao querer do vento
Onde dormem as gaivotas ao fim do dia?
Onde dormem os barcos em que há tempos eu partia?"

gosto do teu carinho, querido amigo.
doce beijo.

Marlene Maravilha disse...

"Parei para chorar uma árvore que no chao jazia...." eu também pararia, com certeza pararia a chorar.
Muito bonito passar para o papel tanto o que nos vai na alma,como aquilo que é meramente intuitivo.
beijo

Lorena Viana, disse...

Profeta suas palavras são encantadas e mágicas.
Um doce fim de semana!
Um beijo enorme.
Lorena Viana
pequena-prendiz.blogspot.com

Simone butterfly disse...

Muito belo e merecedor de meus aplausos! beijos carinhoso

Catarina Vitória disse...

Mais um lindo poema!

Beijinho na tua alma

michele andrade disse...

Lindo texto, obrigada pela visita!
Bom fds.

www.atelierartedecor.blogspot.com

Desnuda disse...

Querido amigo Profeta,

Que imagem fabulosa! Fiquei retida na imagem e logo a seguir envolvida pela magia dos seus belos versos. Obrigada.


"O meu céu não precisa de Sol para ser azul".

Que lindoooo!

Beijos com carinho

Beatriz! disse...

Bom dia querido!!!
Obrigada pela visita e comentário.
Bem, o ínicio de seu poema.
Que por sinal me fez viajar em diversos lugares.
Parabéns!!!
Bjokas...da Bia!!!

Cidinha disse...

Olá, amigo. Belissimo poema! Delicadeza de versos e imagem. Adorei! Seu blog está lindo. Quero agradecer sua carinhosa visita. Obrigada! Fiquei feliz! Adorei os versos que deixou. Volte sempre! òtimo fim de semana. Bjos!

oteudoceolhar disse...

"O meu céu não precisa de Sol para ser azul..."
LINDO...e eu que sou tão pelo azul, como pelo quente do sol.

Beijo n´oteudoceolhar*