sábado, 24 de março de 2012

A LOJA DAS TENTAÇÕES



São de açúcar os sonhos de uma criança
São de algodão as nuvens que vi esta manhã
São de sal os diamantes do colar que te dei
São verdadeiros os sentimentos que pareceram palavra vã

Uma boneca de olhos que abrem de espanto
Um cavalo de madeira perdido do carrossel
Um cálice cheio de berlindes de vidro
Uma mascara de palhaço pintada a pincel

Um pião que ganha vida
Uma corda para saltar bem comprida
A trotineta jaz num canto partida
Um coração recorda uma dor esquecida

E abre-se uma caixinha de madrepérola
A bailarina rodopia imponente mais uma vez
A melodia despertou a ternura
Uma alma desnudou-se para mostrar ser pura

O amor floresceu no sótão
Um colo foi conforto de imensa saudade pura
Uma cópula foi intensa vertigem
Umas unhas cravaram-se num misto de luxúria e candura

Os braços de madeira abraçam com força
Um pai natal caiu de uma prateleira
Vale meio tostão uma estúpida opinião
Vale um milhão, uma lembrada sensação

Não vale nada a puta da vida!
Às vezes tenho um profundo ódio pelas pessoas
Às vezes dou por mim a comparar
Às vezes há pessoas à venda para comprar

Agora sem querer senti raiva
Já voltei à condição de bom rapaz
Passou depressa essa sensação
Voltei a encher a alma de paz

Estava a falar de brinquedos de criança que não tive
Tive estaladas, muita luta na viagem e alguns sermões
Mas tive e tenho todos os sonhos para sonhar
Embora às vezes pare na montra da…Loja das Tentações…

26 comentários:

claudete disse...

É meu querido ...Nos perdemos e nos encontramos nas nossas divagações...O cotidiano incessante nos cobra e por instantes somos reféns das lembranças ... O melhor é que o sentinela de plantão , não sabemos bem qual, nos traz de volta da "Loja das tentações". Amei a viagem!

claudete disse...

É meu querido ...Nos perdemos e nos encontramos nas nossas divagações...O cotidiano incessante nos cobra e por instantes somos reféns das lembranças ... O melhor é que o sentinela de plantão , não sabemos bem qual, nos traz de volta da "Loja das tentações". Amei a viagem!

HELENA AFONSO disse...

"vale meio tostão uma estupida opinião,
vale um milhão uma lembrada sensação..."

quanta verdade aqui escondida!
Obrigada pelas suas palavras, sábias,
contidas e escondidas numa linda poesia,
abraço, HELENA

Multiolhares disse...

antigamente brinquedos só na imaginação, mas os sonhos existiam e são esses sonhos que nos acompanham pela vida que nos ajudam a viver ou sobreviver
bjs

ENTREGA E SUBMISSÃO disse...

Ando meio ausente, mas chegar aqui é emocionar com que escreves!
Desejo que tenhas uma excelente semana
beijos reds
Ísis

Simone MartinS2 disse...

Bom dia!
Aaproveitemos
os nossos sonhos
que ainda são de
graça, pois não
inventaram para
a hora de sonhar,
nenhuma taxa!
Bjinhos

Fátima disse...

Oi Profeta,

Sonhos, quereres e o que somos.
Em ti não faltam sonhos e uma viajem linda com as palavras.

Beijo meu

Sonhadora disse...

Meu querido Poeta

Nos nossos sonhos tinhamos todos os brinquedos do mundo...todas as asas do Universo.

Beijinho com carinho
Sonhadora

Malu disse...

Profeta, o poema que deixou em minhas páginas é muito emotivo, pois falar de crianças eé sempre estar perto de um ANJO.
Aqui encontrei também um belíssimo poema...
Abraços fraternos

Maria disse...

Meu amigo poeta divagamos pelo mundo dos sonhos e deixamos levar a nossa alma ao sabor da poesia.
Sempre maravilhoso!
Bom restinho de domingo e uma excelente semana.
beijinhos
Maria

Vampira Dea disse...

Poxa! Que espaço legal! Adorei palavras, imagens, passarei aqui sempre.

Sissym disse...

Olá Profeta,

Gostei muito disso!
Leve, doce e divertido!

Beijos

Ingrid disse...

e que são as tentações?..
beijos Profeta..

Liza Leal disse...

Adorei "A loja das Tentações".
Seja sempre bem vindo ao DRINK &
CABANA DE VERSOS!

bjo
.
LiZa

Ana C. disse...

que bom que não se esqueceu de mim
lhe tenho muito carinho

A Escafandrista disse...

Adorei teu mergulho lá no meu blog, deixaste uma ótima poesia. Sigo-te, apreciaria se pudesses seguir-me tbm.

oteudoceolhar disse...

...e como é bom sonhar.
Esta música deixa-me tão perdida a ouvir como a ler...é belíssima. Pena que ainda não consegui descobrir de quem é...A tentação é de ontem e de hoje, sejamos nós "pequeninas" crianças, ou adultos "pequenos" e grandes.

Beijo n´oteudoceolhar.

Sônia Amorim disse...

LINDOS SONHOS DE CRIANÇA TRADUZIDOS EM POESIAS, AMEI, BEIJOS E BOA TARDE!

rosa-branca disse...

Olá amigo, ainda bem que voltaste a encher a alma de paz, pois alimentando a raiva ficarias num inferno. Que tenhas sempre os sonhos que sem eles nada somos. É o que nos resta na vida...Lindo o teu poema a tua loja de tentações. Adorei. Beijos com carinho

José María Souza Costa disse...

A tua poesia, embriaga a minha alma. Adoro, ler-te.
Obrigada por enobrecer o meu blogue, com a sua publicação.
Abraços, abrasileirados

Ira Buscacio disse...

Os sonhos são maiores que a realidade, não os perdemos, apenas abrimos mãos, quando há cansaço imenso.
bj grande

Evanir disse...

Hoje é aniversário de uma amiga
muito especial para mim.
E para todos nos blogueiros caso não a
conhecer o endereço dela esta na postagem do blog.
Que tal deixar seu carinho a essa pessoa
tão especial?
Uma linda tarde beijos no coração.
Evanir.
A aniversariante é a Marcia Luconi.

AFRICA EM POESIA disse...

Profeta meu amigo
Um beijo e saudades...



PRIMAVERA


Amor...
Florir...
Sorrir...
E...


Na Primavera...
As flores...
Florescem...
Sorriem...
E...


Cativam o Amor...
E nós...
Deixamo-nos
Embalar...


E continuamos...
A Amar!...


LILI LARANJO

may lu disse...

Olá fiquei emocionada, me perdi na criança deste poema maravilhoso... "Mas tive e tenho todos os sonhos para sonhar
Embora às vezes pare na montra da…Loja das Tentações…" e que continuemos sonhando... Há sempre um brinquedo a venda ao qual não podemos comprar, entretanto não pagamos para sonhar! Que tenhas um maravilhoso final de semana, beijos!

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Olá.

As palavras
que despertam
sentimentos,
são feitas
da matéria prima
chamada verdade...


Que haja sempre perfume
de sonhos em tua vida.

SILVIA disse...

Un placer leerte de nuevo.