sexta-feira, 11 de setembro de 2015

O COLECIONADOR DE BÁTEGAS DE CHUVA


Conheço um Sol refugiado
No espelho de uma lagoa da ilha
Conheço um pássaro azul
Prisioneiro do voo sem partida

Saltei os abismos, falésias e escarpas
Apanhei um punhado de ervas com sabor amargo
Adormeci rodeado de hortênsias brancas
No recanto exato de outros ventos

No sonho
Caí por entre a bruma varrendo as penedias
Envolto em manto de cetim
Abri o caminho de todas as intolerâncias

Desenhei mapas de sombras
Com os luzeiros do céu procurei por ti
Abracei-me ao lugar onde bate um coração
Nas margens do sonho perdi a alma na paixão

Às vezes é preciso acordar o silêncio da memória
Ou esperar pelo adormecimento inadiável
Com o gesto sereno e demorado da ternura
Com o acordar do amor rompendo o improvável

Habitar o tempo a sorrir
Ficar eternamente abraçado ao sentir
Por entre os olhos gritar o chamar
Por sobre as ondas chegar sem partir

Vou dar sete passos à volta da tua alma
Sim é possível escutar teu coração ardente
Incendiar o desejo no calor do estio
Afogar a solidão na irreverência de um rio

E rio para não chorar
Canto sem saber cantar
Já amei sem me apaixonar
Já sonhei enganando o sonhar

Já me imaginei dentro de todas a viagens
Já fiz vinho apenas com um bago de uva
E como a loucura tomou conta da razão
Serei apenas...O COLECIONADOR DE BÁTEGAS DE CHUVA

40 comentários:

silvia de angelis disse...

Molto bello soffermarsi sulle intense parole dei tuoi versi
Buon fine settimana e un saluto,silvia

Bergilde disse...

Belíssima poesia,cheia de fantasia e muito sentimento.E bela é esta capacidade que o poeta tem de nos presentear com palavras emoções tão profundas,abraços meus agradecida pelo presente de sua visita!

Rita Freitas disse...

Adorei estas palavras cheias de emoção e beleza.

bjs e bom fim de semana

Blog da Gigi disse...

Lindo final de semana!!!!!!!!!! Abraços

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Simplesmente maravilhoso!
Adorei.
Bjs,obrigada pela visita e um ótimo final de semana.
Carmen Lúcia.

✿ chica disse...

Belíssima poesia,Profeta! abraços,chica e lindo fim de semana!

Dorli Ramos disse...

Maravilhosa poesia,
Obrigada por lembrar de mim
Bom fim de semana
Beijos
Dorli Ramos

© Piedade Araújo Sol disse...

sim é preciso acordar o silêncio e viver a vida com o amor que ela nos oferece...

bom fim de semana.

beijo

:)

Lucimar da Silva Moreira disse...

Poesia cheia de ternura linda e apaixonante, Profeta abraços.

manuela barroso disse...

...e a poesia nasce como numa fonte
Bji

sintonizando palavras disse...

Belissímas palavras de um poeta nos faz encher-nos de fantasias, de palavras encantadoras de fundo inspirador.
Beijos e muito obrigada pelo carinho, seja sempre muito bem-vindo.
Fica com Deus.

Lídia disse...

LINDO PROFETA

JÁ CONHEÇO A ALGUNS ANOS O SEU ESPAÇO, APESAR DE NÃO SR A VISITA FREQUENTE QUE DEVERIA.

OBRIGADO PELA VISITA AO MEU ESPAÇO SEMPRE POETICAMENTE ASSINALADA.

1 BEIJO LÍDIA

helia disse...

um Poema muito bonito !
Bom Fim de Semana.

Oslaine disse...

Olá, que poesia mais linda, parabéns!
Obrigada pela visita carinhosa, um ótimo fds!

Vera Lúcia disse...


Belíssimo!
Poema encantador e envolvente.

Belo final de semana.

Abraço.

martinealison disse...

Bonjour,

Google ne restitue certainement pas à la hauteur de ce qu'il faudrait la signification de vos bons mots... Je suis persuadée que votre poème est encore plus beau dans votre langue !

Gros bisous

Maré Viva disse...

Amei o poema, pleno de sensibilidade e imagens de uma beleza palpável.
Digo apenas que às vezes é preciso fecharmos a memória numa gaveta, para que não nos atormente...
Beijo.

Ly disse...

um sussurro

Marineide Dan Ribeiro disse...

Lindos versos, ainda que não conheça todas as palavras... O que é bátega?
Um grande abraço!

Victoria disse...

Gracias por estas letras deliciosas! Buen fin de semana. Un saludo

Victoria disse...

Gracias por estas letras deliciosas! Buen fin de semana. Un saludo

MEU DOCE AMOR disse...

Olá:

Chuva é água que limpa e refresca...um bem precioso!

Beijinho doce

Janita disse...

Olá, Profeta / Poeta / Trovador...

Mensageiro de sonhos e ilusões!...

Grata pela visita e excerto deste belo Poema.

Deixo um abraço e votos de uma semana cheia de muitas e boas emoções!

Janita

Ane disse...

Adorei voltar aqui pra ler versos tão bonitos...
Um abraço profeta!

Maria Rodrigues disse...

Todos somos colecionadores de sonhos.
Lindíssimo poema.
Beijinhos
Maria

Elisabete disse...

Gostei do seu poema.
Bom domingo

Rita Sperchi disse...

Bom dia de domingo vim conhecer seus encantos
e tem maravilhas pra ler e amar, elogios pelas
belas palavras um poema encantador
Abraços com meu carinho

Bjusss
Rita!!

MARILENE disse...

Somos todos colecionadores de pedaços, nem sempre palpáveis, mas indispensáveis. Abraço.

CÉU disse...

Que poemão, Profeta!
Levamos a vida a colecionar "chuvas" e "sóis", mas é próprio da nossa "loucura" coletiva.

Agradeço visita e poesia sua lá no blog. Gostaria de sua opinião sobre meu escrito. Pode ser?

Abençoada semana.

Beijos, carinhosamente.

Nany C. disse...

Beijos docs em teu coração, Profeta.
Uma semana cheia de inspirações pra ti.

Cristina Sousa disse...

Vim retribuir a tua carinhosa visita.
Magnifico poema Profeta.
Beijos carinhosos

gota de vidro disse...


Um poema de rara beleza

Gostei imenso

Beijinho da Gota

Uma estrela errante disse...

Perfeito poeta!

Edna Lima disse...

Que belo blog profeta.Sentimentos extraídos do fundo da alma,
Obrigada pela visita e poema .
Nos veremos nesta grande via virtual.Abraços.Edna

* lilium * disse...

Não tem como não se embriagar neste canto...

{Λїtą}_ŞT disse...

Bom dia!

É com imenso prazer que venho avisar aos meus antigos seguidores que meu blog retorna, depois de quase 3 anos fechado.
Venho pedir para voltar a constar em sua lista de blogs, é uma honra para mim estar entre seus preferidos, caso queira.
O novo endereço é http://odiariodaescrava.blogspot.com/

Muito obrigada pela atenção... abraços!

{Λїtą}_ŞT

Pedrasnuas disse...

A mesma qualidade de sempre! Inconfundível!

PN

GarçaReal disse...


Nas margens do sonho há sempre um laivo de realidade que deve ser tocado e embelezado para que o caminho se ilumine.

Bjgrande do Lago

Brisa disse...

Um retrato da vida...
O sol
os abismos
os sonhos
as sombras
o silêncio...a falar...
sorrir :)
e a tua alma
a partilhar as viagens da tua vida.

Lindas palavras

Bjo e desde já te desejo um bom final de semana q está prestes a acontecer

Alexandra disse...

Já há muito tempo que aqui não passava para deixar um comentário.


Obrigado pelo lindo poema que deixaste no meu blogue.


Beijinho