sexta-feira, 4 de setembro de 2015

O LAVRADOR DE MARÉS


Ouvi o vento e a música
Procurando um porto na madrugada
Ouvi a chegada de um navio
Julguei sentir uma voz amada

Meu Armando, meu amor...
Uma criança jogando lama ao meio dia
Embrenhada e perdida na alma
Com rimas colorindo pálpebras de nostalgia

Esta não é a hora do espanto
Sem cânticos de manhã azul
Nem pureza, nem casas
Sem o voo dos pássaros do sul

Minhas palavras flamejam
Minha alma agita mil sonhos
Meu coração arroxa num momento sem fim
Por não saber que me queres mesmo assim

De onde ninguém regressa
Está só o amor...
Nem tudo o que faço pode estar errado
Nem tudo o dói pode nos infligir dor

Insano este tempo que faz de ti o impossível
É possível dilacerar as fronteiras do corpo
De que serve renunciar à voz do absurdo
Tal como um tugúrio na paisagem me quedo mudo

Estou preparado para todos os amanheceres
Deus fez a terra, o homem o pão
Eu construí um castelo na areia
Sou o rei da ilusão

Sou uma pedra negra do cais
Sou um arlequim de chapéu de coco
Desalegre de lágrima ao canto do olho
Com a alma imensa e o bolso roto

Sei lá o que sou...?!
Um anjo de água atirado ao convés
Um homem com saudade de ti
Um...LAVRADOR DE MARÉS

36 comentários:

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Olá,agradeço sua visita e o fragmento que deixou desses versos magníficos.
Um ótimo final de semana.
Carmen Lúcia.

✿ chica disse...

Lindíssima e adorei te ler novamente! abraços,chica e ótimo fds!

Blog da Gigi disse...

Olá, abençoado final de semana!!!!!!!!!!! Abraços

mfc disse...

As interrogações que sempre nos atormentam!

NOTA - Inadvertidamente apaguei no meu blog o seu comentário, pelo que peço desculpa.

helia disse...

Uns Versos muito bonitos !
Gostei muito !

Catarina disse...

Um poema muito bonito.

maria claudete ferreira herculano batista disse...

Não procuro explicar mais o que leio...deleito-me em sentir o que me toca ...ver em cada verso , em cada palavra isolada um pouco do poeta que escreve ...se sinto...um pouco de mim também.
Armando , agora sei seu nome, Profeta...Amei!
com carinho.

Maré Viva disse...

Belo e inspirado poema...

"Estou preparado para todos os amanheceres
Deus fez a terra, o homem o pão
Eu construí um castelo na areia
Sou o rei da ilusão".

Feliz aquele que cultiva a ilusão, é sinal de ainda sonha e, como diz o poeta, "O sonho comanda a vida"!
Bom fim de semana.
.

redonda disse...

Gostei dos poemas, aqui e o que ficou no comentário. Obrigada.
um beijinho e bom fim-de-semana
Gábi

Magia da Inês disse...

-`✿´-
"O lavrador de marés... o sonhador!...
✿ Bom fim de semana com tudo de bom!
-`✿´- Beijinhos.

Janita disse...

Muito belos todos os poemas que li por aqui, Profeta! Parabéns pelo talento!!

Vai desculpar-me, mas isso de fazer copy paste de um comentário ( excerto de um poema seu ) em todos os blogues por onde passa... Não é 'socialmente' correcto e denota pouca ou nenhuma consideração pelo/a administrador do blogue.
De qualquer modo, grata pela visita!!

Votos de boa semana.

Janita

Bandys disse...

Os versos retratam
um mar de ilusões
com sonhos reais.
Um beijo

Lídia disse...

Lindo seu poema parabéns.

Agradeço muito a sua visita no meu humilde espaço.

1 beijo e até sempre

Lídia

MEU DOCE AMOR disse...

Um anjo...só pode.Quem escreve com tanta sensibilidade...

Tu fazes uma pessoa comover-se a sério!

Beijinho doce anjo lavrador

manuela barroso disse...

Ouvi o vento.
Era a profecia de que algum dia, de novo viria!
Bom lê-lo de novo
Bem-vindo.
bji

Cecilia Amiga disse...

Belas palavras de pura sensibilidade.
Há o amor, palavra que inspira qualquer sonhador.
Abraços

ONG ALERTA disse...

Muito lindo abraço Lisette.

Blog da Gigi disse...

Ótima semana!!!! Abraços

Fátima disse...

Lavrador de Mares
Lindo.

Ailime disse...

Boa noite Profeta,
Saudades de vir aqui ler a sua bela poesia!
Um poema magnífico sempre com a marca da sua imensa sensibilidade.
Obrigada pela visita.
Um beijinho.
Ailime

martinealison disse...

Bonjour,

Un très joli poème...

Gros bisous ♡

silvia de angelis disse...

Una serie di bei versi, che ho letto con molto piacere
Un caro saluto, silvia

Beatris disse...

Splendida poesia!
Buona giornata da Beatris

Lucimar da Silva Moreira disse...

Cada verso um encanto, uma doçura de poesia,Profeta abraços.

Liza Leal disse...

"Um lavrador de marés..."
Magnífico!

O Drink agradece a visita.
Bjo

L.L.

Ly disse...

sempre muito intenso, fantástico...um sussurro

Vera Lúcia disse...



Belo poema, Profeta.
É sempre um prazer ler seus versos, sempre regados de intensidade e talento poético.

Por que excluiu seu comentário? Já havia lido os fragmentos dos versos lá deixados e estava esperando um tempinho para vir lê-lo na íntegra.

Belos dias.

Abraço.

lilian reinhardt disse...



...uma lavratura de marés sementeiras/que oceano infindo esse onde se lavram
os peixes da transmutação... A escuta-lo sob a concha/em profundo ninho/bj

Labirinto de Emoções disse...

Olá Profeta
Grata por ter voltado à minha Casa..:-))
Um Lavrador de Marés, que nos lavra o coração com a sensibilidade e beleza da sua poesia.
Nunca deixe de escrever.
Um beijinho
Teresa

Victoria disse...

Gracias por esos versos hermosos y tu paso por mi pequeño espacio. Un abrazo

Amanda Mércuri disse...

Lindas palavras!

Ótima quarta!

Beijo! ^^

J. disse...

Belo poema!

Graça Pires disse...

Gostei do poema, poeta "Lavrador de Marés"...
Beijo.

Minha vida de campo disse...

Belíssimo! Parabéns uma bela obra.
Tenha uma ótima semana.

Nany C. disse...

Doces Beijos em teu coração!

BIA disse...

Que belo seus poemas! Obrigada pela visita em meu blog! Tudo de bom! :)

Bjs